×
Loading ...

Faça você mesmo uma bancada para estufa

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Crie uma bancada de trabalho que tornará o jardim de sua estufa funcional e eficiente. Uma bancada de estufa deve ser resistente e ter uma grande capacidade de armazenamento. Suas funções incluem abrigar plantas premiadas e suprimentos. Com cuidado e planejamento, é possível criar um tesouro que resistirá por muito tempo.

Uma bancada de estufa deve ser resistente e ter uma grande capacidade de armazenamento (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

Crie uma bancada de estufa que se adeque às suas necessidades de cultivo

As bancadas de estufa, em sua forma mais básica, são prateleiras que mantêm plantas e sementes. Adicionar leitos de armazenagem embutidos, aquecimento, pias, uma área de trabalho expandida e outras características podem melhorar a funcionalidade e a eficiência das bancadas. Sua forma exata dependerá de sua função; contudo, existem alguns fatores comuns a todas as estufas, que auxiliarão na construção de sua própria bancada.

Loading...

Materiais

Construa a bancada fazendo uma escolha entre madeira, metal galvanizado, plástico composto, produtos de concreto ou alguma combinação desses materiais. As estufas são, por definição, quentes e úmidas e essas condições irão afetar qualquer material escolhido. As bancadas precisam ser muito resistentes para suportar o peso de muitos vasos de plantas. O espaço é sempre escasso em uma estufa, então prepare-se com antecedência para o momento em que você irá ceder à tentação e sobrecarregar a bancada com plantas ou outros itens. Bancadas de madeira são os mais adequadas para projetos amadores. A madeira é um material acessível e relativamente fácil de usar, podendo ser condicionada para resistir à podridão e deterioração. Cedro, alfarrobeira, pau-brasil e teca são naturalmente resistentes ao apodrecimento. Trate essa medeiras com um selador para prolongar sua aparência natural. Pinheiro, apesar de menos caro do que outros tipos de madeira, não é ideal como uma opção de longo prazo, pois é mais susceptível à deterioração e danificação por insetos do que as outras. Porém, se a escolha for o pinheiro, condicione-o com um selador de proteção adequado para uso próximo a plantas.

Tamanho e design

Se planeja ter múltiplas bancadas, é uma boa ideia fazê-las de diferentes tamanhos, para acomodar plantas de diferentes alturas. Se planeja ter apenas uma bancada, a altura padrão de um balcão servirá tanto para manter as plantas, como para uma superfície de trabalho. O comprimento deve ser de um tamanho que possibilite o fácil alcance das plantas mais distantes. Adicione uma prateleira mais baixa para armazenar materiais, incluindo insumos, pequenas ferramentas de jardinagem, recipientes de água e vasos extras. Guarde um espaço mais em cima para plantas que precisam de luz, água e ar.

Especialidade

Uma superfície com fendas permitirá que a água e detritos caiam, para facilitam a limpeza. Também facilitará a circulação de ar em torno das plantas. Para uma circulação de ar ainda mais eficiente, considere adicionar uma bancada malhada pré-fabricada para substituir toda ou parte da prateleira principal. O topo da bancada pode ser construído de modo que sirva como um leito de plantio de sementes. Efetivamente, basta criar uma gaveta profunda ou leito elevado e preenchê-lo com o meio de plantio de sua escolha. Semeie as sementes ou mudas diretamente no solo. Alternativamente, os jardineiros podem comprar kits especiais para montagem de bancadas de estufas. Esses kits tendem a ser mais caros e menos flexíveis do que construir algo projetado especificamente para o seu espaço. Contudo, esses kits completos podem eliminar grande parte das incertezas do processo de construção.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...