Conhecimento

Como fazer meu filho de 12 meses comer

Escrito por jenivieve elly Google | Traduzido por erika f. curto
Como fazer meu filho de 12 meses comer

Não são todos os bebês que se empolgam em comer comida sólida

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Uma criança de 12 meses não é mais um bebê -- está à beira da primeira infância. A transição de alimentos principalmente líquidos para os principalmente sólidos é um grande passo para as crianças e para os pais. Mas caso seu filho ainda não esteja pronto para fazer a mudança da dieta, não é preciso forçá-lo. Continue tentando e ele vai comer, eventualmente. Seu filho não vai para a faculdade mamando uma mamadeira!

Outras pessoas estão lendo

Continue a tentar

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Não importa o que houver, continue a oferecer comida saudável para a criança. Elas têm uma maneira de equilibrar sua dieta e garantir que obtenham todos os nutrientes de que necessitam. Caso seja uma mãe que amamenta, continue a fazê-lo. O leite materno fornece uma rede de segurança alimentar, o que significa que há um pequeno perdão em relação ao seu consumo de alimentos sólidos. As crianças receberão os nutrientes de que precisam através do leite materno. Caso não esteja amamentando, a Academia Americana de Pediatria (American Academy of Pediatrics), dos Estados Unidos, informa que uma criança de um ano precisa de 1.000 calorias por dia, distribuídas entre três refeições e dois lanches. Apresente diversas opções saudáveis ​​e um dia se surpreenderá. Caso a criança não coma na primeira vez, tente novamente. E mais uma vez. Às vezes, o sabor, a cor ou a textura os desestimulam. Tudo é novo nesta idade, por isso, apesar de serem ousados ​​em suas atividades, pode levar algum tempo até que queiram experimentar novos alimentos.

Seja criativo

Torne a refeição divertida. Comidas artísticas são uma nova tendência que as crianças amam. Corte morangos frescos em formas de corações e corte Xs e Os em um melão. Cubos de presunto e frango formam rostos engraçados na comida. Pronto! O almoço torna-se algo pelo qual as crianças ficam ansiosas. Isso não leva muito tempo, mas pode causar um grande efeito e conduzi-las ao mundo dos alimentos sólidos.

Deixe que se sujem

Pode ser difícil assistir ao seu filho esfregar batata-doce em todo o rosto, na cadeira, no cabelo, e praticamente em todos os lugares. Mas sujar-se faz parte do negócio. As crianças precisam aprender a se alimentar, e foi provado que elas comem mais quando se sujam. Elas precisam decidir o que, quando e o quanto comer. Claro, sempre é possível manifestar-se caso eles fiquem frustrados. Porém, assim como é importante que elas comam alimentos sólidos, é importante que aprendam a mecânica de se alimentar.

Jantares em família

Dar um bom exemplo e estabelecer uma rotina também é importante. Incorpore jantares em família à rotina o máximo possível. Defina o lugar do seu filho à mesa e deixe-o comer todos os mesmos alimentos saudáveis, ​​como o restante da família. De acordo com a Academia Americana de Pediatria, a frequência de refeições compartilhadas em família está relacionada com a saúde nutricional de crianças e adolescentes: "As crianças e os adolescentes que compartilham as refeições da família três ou mais vezes por semana são mais propensas a estar em uma faixa de peso normal e ter dietas saudáveis ​​e padrões alimentares do que aquelas que compartilham menos de três refeições familiares em conjunto".

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media