Forma correta de colocar fralda

Escrito por michelle johnson | Traduzido por gabriela vilas boas ornelas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Forma correta de colocar fralda
Um bebê usa, em média, 3000 fraldas no primeiro ano (Rayes/Lifesize/Getty Images)

Pais de primeira viagem normalmente ficam ansiosos com a expectativa de trocar as fraldas dos seus filhos recém-nascidos, especialmente se eles não tiverem muita experiência em cuidar de bebês. Eles se preocupam se saberão quando trocar as fraldas, limpá-los direito ou machucar o bebê. Mas, como recém-nascidos usam entre oito e dez fraldas por dia, em poucos dias, os pais já são especialistas no assunto.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fralda limpa
  • Água e sabão ou desinfetante para mãos
  • Lencinhos
  • Trocador, almofada ou manta
  • Creme antiassaduras
  • Alfinetes ou prendedores

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Limpe bem as mãos. Use água e sabão, desinfetante para mão ou lencinhos.

  2. 2

    Escolha um lugar para trocar o bebê. Escolha uma superfície plana e limpa ou um trocador, uma almofada ou um cobertor. Pegue tudo que precisará. Tenha certeza que a fralda limpa, os lenços, o creme antiassaduras, o desinfetante para mãos e que, se usar fraldas de pano, alfinetes e prendedores estejam ao seu alcance.

  3. 3

    Coloque o bebê de frente para você, na superfície escolhida. Mantenha uma mão nele, para evitar que ele role. Se estiver usando um trocador, use as tiras para mantê-lo em uma posição segura. Tire ou abaixe as roupas do bebê, para conseguir tirar a fralda suja.

  4. 4

    Solte os adesivos prendedores da fralda suja. Segure o bebê pelos tornozelos e levante seu bumbum. Se for necessário, limpe o excesso das fezes com a parte frontal da fralda. Tire a fralda suja e deixe-a ao lado. Se tiver um menino, cubra seu pênis com um lencinho ou pano quando remover a fralda suja, para prevenir que urine em você, nele mesmo ou na superfície.

  5. 5

    Limpe o bumbum do bebê com um pano molhado ou um lencinho, certificando-se que o limpou bem. Se tiver uma menina, limpe-a no sentido da frente para trás, para evitar que bactérias atinjam sua área vaginal. Se a fralda estiver apenas molhada, você pode trocá-la para evitar que irrite a pele do bebê.

  6. 6

    Procure por assaduras: manchas vermelhas ou roxas na região da fralda, secas ou com fluido ou se a pele estiver escamosa. Aplique creme para assaduras, se a pele do bebê estiver irritada.

  7. 7

    Coloque a fralda limpa embaixo do bumbum. Levante-o pelas pernas, certificando-se que a fralda esteja bem aberta, sem dobras. Se tiver um bebê, coloque o pênis para baixo, evitando que ele urine para a parte de cima da fralda. Dobre a parte da frente da fralda para baixo, se o bebê ainda estiver curando o cordão umbilical. Feche bem os lados da fralda. Teste a fralda, para ver se está apertada colocando dois dedos, não mais do que isso, na parte da frente.

Dicas & Advertências

  • Para prevenir assaduras, troque o bebê, assim que ele eliminar fezes e a cada duas horas, se estiver apenas molhado. Se o bebê for circuncidado, pergunte ao pediatra por conselhos de como limpar o pênis enquanto cicatriza. Normalmente você tem que limpá-lo suavemente com sabão neutro e água e colocar creme a cada troca de fralda. Preste atenção em sangramentos, inchaços, feridas com líquidos ou dificuldades para urina, podem ser indicativos de que a cicatrização não está correta.
  • Ligue para o pediatra se acontecer uma assadura profunda. Sinais de problemas que podem precisar de interferência média incluem assaduras que se espalham para outras partes do corpo, assaduras que formam bolhas ou sangram, febres que ocorrem em consequência de assaduras, assaduras que não melhoram em sete dias e se o bebê chora quando você toca a assadura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível