Como funcionam as lâmpadas de LED?

Escrito por david h. ver eecke | Traduzido por yago lima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como funcionam as lâmpadas de LED?
Lâmpadas de LED (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

História das lâmpadas de LED

As lâmpadas de LED podem ser encontradas em vários produtos usados no nosso cotidiano. Os LEDs gastam pouca energia e praticamente não dissipam calor quando comparados com lâmpadas incandescentes ou fluorescentes. As lâmpadas de LED foram inventadas por Nick Holonyak em 1962, quando ele trabalhava como cientista na empresa General Electric. Holonyak também inventou o diodo laser e detém outras 40 patentes. LED significa "light-emitting diode", ou seja, diodo emissor de luz. Um diodo é um componente eletrônico que permite que a corrente passe por apenas uma direção. LEDs podem ser encontrados em vários aparelhos domésticos, desde computadores até controles remotos. Recentemente, os LEDs têm sido usados em lanternas e até como substituto às lâmpadas incandescentes utilizadas nos pisca-pisca de Natal.

Como os LEDs funcionam

Os LEDs duram por anos e anos. Isso acontece porque eles não têm um filamento como o de uma lâmpada normal. Não ter filamentos significa que os LEDs não produzem muito calor e nem vibram. LEDs funcionam passando corrente elétrica por um chip semicondutor. O chip tem dois lados: o lado tipo-P e o lado tipo-N. O lado tipo-P é positivo e o tipo-N é negativo. O elétron se locomove do lado P para o N, e isso produz luz. Isso é o que faz com que o chip emita fótons ou feixes de luz. O chip é normalmente feito de arsênico, fósforo ou gálio. Alguns LEDs possuem um ou mais semicondutores que produzem cores diferentes. Os LEDs de verdade possuem vários diodos numa só unidade, o que torna difícil a identificação de onde a luz está sendo emitida.

Aplicações e futuro das lâmpadas de LED

Com certeza, os LEDs vão estar em muitos produtos do futuro. Conforme a tecnologia e o brilho dos LEDs evoluem, é possível que eles substituam os faróis dos carros. Todos os dias, cientistas inventam novas maneiras de incrementar essa tecnologia. Os LEDs já conquistaram as luzes de Natal e um pequeno número de televisões. Atualmente, as lâmpadas de LED são caras. Isso acontece, em parte, pelos preços dos materiais para fazer os semicondutores. Entretanto, no futuro, quando a produção aumentar, os preços dos LEDs cairão e eles irão começar a substituir cada vez mais as lâmpadas convencionais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível