Gabinetes de guitarra: Traseira aberta versus traseira fechada

Escrito por matt mckay | Traduzido por elisa dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Gabinetes de guitarra: Traseira aberta versus traseira fechada
O tom de um amplificador é influenciado pela traseira aberta ou fechada (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Caixas de som de guitarra e amplificadores combo (aqueles com amplificador embutido e alto-falante) são projetados de duas maneiras: traseira aberta ou fechada. O tipo de gabinete escolhido é uma questão de preferência pessoal, mas cada um dispõe de um tipo de som diferente. O tipo de madeira utilizada e o design interno do gabinete também contribuem para o timbre do alto-falante.

Outras pessoas estão lendo

Caixas de som com traseira aberta

Caixas de som com traseira são usadas ​​principalmente em pequenos amplificadores combo para produzir mais som, mas alguns gabinetes de alto-falante de extensão (aqueles que não estão ligados e adicionados a um amplificador) possuem design de traseira aberta. Embora gabinetes de traseira aberta sejam mais simples em suas concepções, uma vez que não necessitam de "ajuste" do gabinete para produzir o som desejado, design simples não significa necessariamente um amp ou gabinete barato. O projeto de traseira aberta permite que o som da parte traseira do alto-falante emane e se misture com o som que vem pela frente. Isso produz um som encorpado, mas o som de frequências graves é sacrificado. Gabinetes de traseira aberta não são totalmente abertos, pois eles contêm um defletor de som traseiro que envolve parcialmente o gabinete e contribui para o timbre. Um defletor é um pedaço de madeira que ajuda direcionar e dar forma ao som.

Caixas de som com traseira fechada

Caixas de som com traseira fechada são usadas ​​principalmente em gabinetes de extensão, mas também são usadas ​​em alguns projetos combo. Gabinetes de traseira fechada emitem som apenas da parte da frente do alto-falante e projetam o som em um padrão mais direcional do que os gabinetes de traseira fechada. Gabinetes fechados geralmente incluem recortes na parte da frente chamadas "portas", que permitem que o som interno da parte traseira do alto-falante escape e seja emitido a partir da frente do gabinete. Uma vez que o som do falante traseiro é desviado para as portas da frente, o som geral resultante produz mais graves do que um gabinete aberto. Alguns projetos fechados incluem defletores internos para ajudar a moldar e redirecionar o som para as portas.

Madeira utilizada em caixas de som

A madeira usada em caixas de som também pode afetar o som. Ondas de som dos falantes causam vibrações na madeira e podem melhorar ou prejudicar o som produzido. Fabricantes escolhem o tipo de madeira com base no timbre, custo, resistência e atributos de fabricação. Alguns gabinetes usam um tipo diferente de madeira para a parte de trás, para o defletor interior ou exterior e/ou para as laterais e frente. Madeira compensada é muitas vezes usada pela resistência e durabilidade, mas madeiras maciças também são utilizadas. Amplificadores de baixo custo podem usar madeira ou placa de partícula para o corpo principal do gabinete, mas usam lâminas finas de madeira para os defletores e superfície de montagem do alto-falante frontal.

Montagem do alto-falante

Alto-falantes de montagem frontal permitem o acesso aos parafusos de montagem ou suportes a partir do exterior do gabinete. Alto-falantes traseiros permitem o acesso a partir do interior do gabinete. Ambos os métodos de montagem são utilizados em gabinetes abertos ou fechados, dependendo do fabricante e projeto do gabinete, mas não têm nenhum efeito sobre a projeção de som ou timbre. Alto-falantes frontais em gabinetes abertos e fechados permitem que o alto-falante seja facilmente substituído sem que seja necessário remover a traseira ou o defletor traseiro.

Isolamento do gabinete de alto-falante

A maioria das caixas de som de traseira fechada é isolada internamente com espuma ou fibra de vidro de isolamento. Isolamento ajuda a amortecer o som, reduzindo certos tons indesejáveis ​​e frequências criadas dentro do gabinete. A maioria dos gabinetes abertos não usam nenhum isolamento, a fim de aproveitar o som natural do falante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível