Por que gatos machos são maus com gatas fêmeas?

Escrito por elizabeth chaplin | Traduzido por vitoria felix
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que gatos machos são maus com gatas fêmeas?
Gatos machos podem ser menos amigáveis com gatas fêmeas (cats in the night image by robert mobley from Fotolia.com)

Gatos machos são vistos agindo de maneira agressiva com fêmeas com frequência. Especialistas em comportamento animal lidam com agressão de gatos com frequência, que é o segundo problema comportamental mais comum em felinos. Gatos machos podem golpear, morder, rosnar ou assumir uma postura ofensiva em relação a gatas por inúmeras razões, de acordo com a American Society for the Prevention of Cruelty to Animals (ASPCA) (sociedade americana para a prevenção de crueldade com animais).

Outras pessoas estão lendo

Má socialização

A razão mais comum pela qual um gato adota um comportamento agressivo para com outro gato, seja ele macho ou fêmea, é uma má socialização, diz a ASPCA. Se o seu gato macho teve uma experiência negativa com outro gato no começo de sua vida, ele pode associar outro felinos com aqueles sentimentos negativos. Ou, se ele não foi introduzido a outros gatos durante sua vida, ele pode se sentir incomodado ou com medo da introdução a um novo gato. Devido ao fato dos gatos terem uma rotina, uma mudança na sua rotina pode deixá-lo agressivo.

Intimidação

Se o gato macho for significativamente maior do que a fêmea, ele pode estar tentando intimidá-la. A intimidação com relação a fêmea normalmente envolve um olhar direto, com pernas e caudas enrijecidas. Essa é uma postura ofensiva que tem como objetivo intimidar ou ameaçar o outro gato. De acordo com a ASPCA, esse comportamento ameaçador normalmente é provocado por conta da aparência física do gato. Os gatos maiores são conhecidos por tentar intimidar outros gatos que não são ativos.

Agressão sexual

Quando um gato macho tenta cruzar com uma fêmea, ele normalmente morderá sua nuca para mantê-la no lugar até que o ritual esteja completo. Segurar a fêmea permite que ele cruze sem que ela se vire ou corra. Embora esse comportamento seja visto tipicamente em machos não castrados, ou em machos com os gostos que estimulam a produção de testosterona intactos, animais castrados as vezes agem de maneira agressiva com gatas castradas.

Territorial

Gatos machos são tipicamente mais territoriais do que as fêmeas. Para marcar seu território, os machos pulverizam, patrulham e esfregam seus queixos naquilo que eles consideram seu "território". Se outro gato se aproximar demais, o macho vai perseguir o invasor. O gato guardião muitas vezes sibila, golpeia ou morde o gato agressor para mostrar seu domínio e proteger o seu território. Esse comportamento ocorre quando um gato macho se torna maturo sexualmente ou quando um gato novo é introduzido.

Apenas diversão

Os gatos novos com menos de 2 anos brincam com certa agressividade com frequência. Isso é completamente natural. As orelhas do gato apontam para frente quando ele está brincando, enquanto um gato com uma postura ofensiva irá achar as orelhas contra a cabeça. O corpo do gato fica relaxado durante a brincadeira, inclinando-se em direção ao outro gato ao invés de em volta dele. Embora garras estejam a mostra e dentes descobertos, essa brincadeira não é prejudicial.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível