Hipertensão e sopros cardíacos

Escrito por elizabeth jennings | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Hipertensão e sopros cardíacos
Sopros e hipertensão são doenças que afetam o coração (heart image by Shmakov Serge from Fotolia.com)

Ambos os sopros e a hipertensão são doenças potencialmente graves, muitas vezes notoriamente assintomáticas, que afetam o coração. Os sopros cardíacos são um som extra ou incomum durante uma batida do coração, enquanto que a hipertensão é um estado de pressão arterial elevada. Ambas as doenças variam em gravidade de muito leve a risco de vida.

Outras pessoas estão lendo

Noções básicas de sopros e hipertensão cardíacos

Batimentos cardíacos normais soam como uma rítmica "lub-DUP" ou um "lub-DUB" ao passo que as válvulas cardíacas fecham, enquanto os batimentos com sopros têm o acréscimo de um som "sibilante" ou "zunido", de acordo com o National Heart, Lung and Blood Institute.

A pressão arterial é medida em termos de pressão sistólica (ou a pressão nas artérias quando o coração bate) acima da pressão diastólica (ou a pressão nas artérias entre batimentos). A pressão arterial normal está abaixo de 120/80 mm Hg, a pré-hipertensão é definida como 120 a 139 por 80 a 89 mm Hg e a hipertensão começa a partir de 140 por 90 mm ​​Hg.

Sintomas

A maioria dos pacientes com sopros cardíacos não estão cientes de tê-los e enquanto eles podem sentir os sinais de outros problemas cardíacos relacionados ao sopro, ele próprio não costuma produzir sintomas visíveis aos indivíduos afetados.

Da mesma forma, a maioria das pessoas com hipertensão não apresentam sintomas evidentes. Quando a doença começa em primeiro lugar, e quando torna-se avançada ou com risco de vida, aqueles com hipertensão podem ter dores de cabeça maçante, tonturas ou uma frequência anormal de hemorragias nasais.

Causas

Os sopros cardíacos podem ser inocentes (inofensivos) ou anormais. Não está inteiramente claro porque eles desenvolvem-se, mas os considerados inofensivos são comuns em crianças saudáveis ​​e, de fato, a maioria desenvolverá em algum ponto. Os sopros anormais em crianças geralmente são causados ​​por defeitos cardíacos congênitos, em adultos, são muitas vezes resultado de problemas cardíacos de válvulas, infecção, doença e envelhecimento.

A grande maioria dos casos de hipertensão - 90% a 95% - é a hipertensão essencial, ou primária, que não tem causa conhecida. Os 5% a 10% de pacientes restantes com hipertensão têm a arterial secundária, que é o resultado de uma doença subjacente, como anormalidades renais, tumores da glândula adrenal, defeitos cardíacos congênitos específicos, certos medicamentos, como pílulas anticoncepcionais, remédios para resfriado, descongestionantes, analgésicos de livre comércio e algumas drogas de prescrição e ilegais, como a cocaína e as anfetaminas.

Diagnóstico

A triagem para ambos, sopros e hipertensão, geralmente é feita através de exames de rotina. Uma cuidadosa escuta por um médico treinado através de um estetoscópio geralmente detecta sopros e a hipertensão é identificada pela pressão arterial verificada habitualmente em qualquer exame de rotina. A Mayo Clinic aconselha as pessoas de 20 anos ou mais a terem sua pressão arterial verificada pelo menos uma vez a cada dois anos.

Prognóstico e tratamento

Os sopros cardíacos inofensivos podem resolver-se por conta própria e, se não, não necessitarão de tratamento e não deverão afetar a qualidade de vida de um indivíduo. Sopros cardíacos anormais podem ser uma ameaça à vida, dependendo da gravidade, e são tratados com medicamentos e cirurgia.

A hipertensão também pode ser fatal. No entanto, em geral, pode ser controlada com medicamentos e alterações do estilo de vida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível