Como fazer uma horta aromática e decorativa

Escrito por anna rangel
Como fazer uma horta aromática e decorativa

Monte sua horta em um lugar arejado e iluminado

AlexRaths/iStock/Getty Images

Uma horta em casa pode ser a maneira mais fácil de introduzir mais ingredientes e temperos frescos na sua alimentação, além de deixar a sua cozinha ou varanda muito mais bonita. As opções são variadas e incluem hortaliças e ervas, como tomilho, estragão, hortelã, alecrim, salsinha e cebolinha, coentro, capim-limão e sálvia. Escolha suas hortaliças e ervas aromáticas preferidas para montar uma horta caseira bonita e cheia de opções perfumadas e saborosas para acompanhar seus alimentos. Vale usar qualquer canto arejado e bem iluminado da casa. Conheça nossas dicas e mãos à obra!

Outras pessoas estão lendo

Definindo o espaço

AlexRaths/iStock/Getty Images

Uma horta caseira não exige muito espaço e pode ser feita até mesmo em um cantinho do apartamento. É possível cultivar hortaliças e ervas de menor porte em jardineiras ou floreiras de 40 cm, no parapeito da janela, ou em pequenos vasos, de 15 cm, na sacada. Quem dispõe de pouquíssimo espaço pode explorar a possibilidade da “horta vertical”. Escadas de demolição, paletes de madeira e cavaletes podem servir de base para pendurar vasinhos e floreiras prontas para plantar. Para um toque extra de beleza, intercale as ervas com flores coloridas, que deixam o ambiente muito mais alegre.

E por que plantar em casa?

AlexRaths/iStock/Getty Images

Além de representar uma pequena economia no orçamento doméstico, a horta caseira possibilita o consumo de alimentos de boa qualidade, cultivados por você e sua família, e completamente livres de agrotóxicos. Alguns terapeutas acreditam que a hortinha também representa uma maior qualidade de vida, pois o trato com a terra acalma e diminui o estresse do dia a dia. Do ponto de vista estético, a horta também pode ajudar. O ambiente fica muito mais bonito e aconchegante na presença de plantas, especialmente no meio da aridez estética das grandes cidades.

Do que vou precisar?

AlexRaths/iStock/Getty Images

Montar uma hortinha pequena em vasos de menor porte espalhados pelo ambiente exige terra, adubo, sementes, pá pequena, firmino (uma pazinha com ponta bifurcada), luva de jardinagem e um regador. Se a horta for extensa, adquira enxada, ancinho, pá reta, regador e mangueira, carrinho de mão, pulverizador – para aplicar fertilizantes em áreas mais extensas –, semeador, estacas de madeira, tesoura de poda e colher de transplante, que serve para ajudar a extrair as plantas sem danificar a raiz. Um cortador de grama tradicional ajuda a manter a poda em dia. Porém, para fazer “acertos” mais delicados, o ideal é a roçadeira.

Os primeiros passos

AlexRaths/iStock/Getty Images

Antes de plantar qualquer coisa, é preciso trabalhar bem a terra. Revolver o solo, com ajuda de uma pá bifurcada, é essencial para favorecer a infiltração de água. As hortaliças que necessitam de suporte devem ser plantadas com o auxílio de estacas de madeira, para sustentar o crescimento sem que a planta “dobre”. Depois de mexer na terra, a adubação é importante: investigue, com a ajuda de um jardineiro, quais os nutrientes e a periodicidade necessária para manter as plantas saudáveis. Algumas opções de adubo são esterco bovino ou de aves e húmus de minhoca, que podem ser comprados em lojas especializadas.

Conheça os cuidados básicos para montar a sua horta

AlexRaths/iStock/Getty Images

Uma horta em casa demanda cuidado diário. É preciso adubar sempre que possível, levando em conta as necessidades de cada espécie (por exemplo, o quanto de água e sol cada uma precisa). Uma dica para nunca esquecer de regar as plantas é se programar para fazer isso logo pela manhã, antes de sair para o trabalho. Esquecer a rega pode fazer com que algumas espécies sequem muito rapidamente – um exemplo de hortaliça que não perdoa a falta de água é a alface; a couve-manteiga, por exemplo, tolera melhor ambientes mais secos.

Suas mudinhas precisam de cuidado

AlexRaths/iStock/Getty Images

Além de manter a rega e a adubação em dia, outros cuidados são importantes: cobrir os pés das plantas com bastante terra, por exemplo, pode parecer um detalhe dispensável, porém ajuda na fixação da planta no solo. Além disso, vale cobrir a terra com folhas e capins secos, para proteger contra o excesso de água e raios solares, o que mantém o solo úmido e serve como uma camada extra de nutrientes. Não se esqueça de retirar as “ervas daninhas”, que competem pela água, luz e nutrientes da sua horta caseira. Retire também as mudas doentes, para abrir mais espaço no vaso.

Previna-se contra as pragas!

AlexRaths/iStock/Getty Images

A biotecnologia oferece uma série de produtos apropriados para hortas caseiras, que previnem as plantas contra as principais pragas. Mas as receitas caseiras também são muito eficientes. A mais conhecida consiste em bater alguns vegetais no liquidificador, coar e pulverizar delicadamente nas plantas. Use folhas de tomateiro, pimenta dedo-de-moça, folhas de hortelã e alho para proteger ervas e hortaliças. Essa receita afasta insetos, como besouros, gafanhotos e pulgões. A vantagem dos remédios caseiros contra as pragas é que eles não contêm nenhum produto químico na composição, portanto livre de riscos de contaminação.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media