Identificando os componentes de uma placa de circuito impresso

Escrito por lauren vork | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Identificando os componentes de uma placa de circuito impresso
Basta conhecer os componentes para entender o seu funcionamento (Wikimedia Commons)

Já se perguntou como funciona sua placa mãe? Placas de circuito são apetrechos extraordinários que fazem um computador (ou vários outros equipamentos eletrônicos) funcionar, parecendo incompreensíveis a todos, exceto aos usuários experientes. Na verdade, o funcionamento e estrutura de uma placa não é difícil de entender, bastando apenas conhecer seus diversos componentes.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Comece por identificar a placa de circuito impressa, ou PCI. Ele é a placa retangular subjacente, muitas vezes verde ou azul, e coberta por circuitos com suas respectivas trilhas de metal a ela impressas na fabricação. Note que cada uma dessas linhas começa em um ponto e é marcada com um número, e ao transmitir pulsos elétricos, funcionam de maneira similar a fios.

  2. 2

    Identifique agora os componentes fixados, que controlam e ajustam o fluxo elétrico na placa: os resistores (reduzem o fluxo e são marcados com cores), potenciômetros (resistores variáveis, geralmente retangulares ou circulares, marcados com um valor em Ohm) e os componentes passivos como capacitores (têm dois fios bifurcados) e indutores (têm fios parafusados). Outros componentes são os osciladores, que são cilindros ou caixas marcadas com "X" ou "Y", relés (marcados com "K") e transformadores (marcados com "T").

  3. 3

    Localize agora baterias, fusíveis, diodos e transístores. A bateria é pequena e circular, semelhante àquelas usadas em pequenos equipamentos eletrônicos. Os fusíveis podem se parecer a versões miniatura dos presentes na caixa de disjuntores de sua casa ou ter uma aparência de tubos transparentes ou semi-opacos. Os diodos, por sua vez, são presos a fios e são geralmente marcados com um "D". Os transístores são peças metálicas com três conectores longos e finos.

  4. 4

    Encontre agora o processador (ou os processadores). Em placas de computadores, essas são as peças que executam os programas, com formatos quadrados ou retangulares e tamanho pequeno. Podem estar presas à placa por fios e, em alguns casos, têm a marca do fabricante por cima. Tenha em mente que eles geralmente se encontram embaixo de uma ventoinha que serve para resfriá-los.

  5. 5

    Procure agora por conectores que podem ser utilizados para prender outras placas menores. São geralmente aberturas retangulares longas, nas quais outras placas são inseridas em ângulos perpendiculares. Eles são facilmente encontrados em uma placa-mãe, que é o circuito impresso grande e central.

  6. 6

    Encontre agora os outros chips na placa. Eles se parecerão às placas de silicone que ficam embaixo dos outros componentes, sendo no entanto menores.

  7. 7

    Encontre onde é inserida a RAM (Memória de acesso aleatório). Ela pode se parecer com fileiras de pequenas caixas cinzas, e as placas de memória suplementares são semelhantes a chips retangulares largos e finos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível