Mais
×

Como identificar uma bolsa Kate Spade falsificada

Atualizado em 23 março, 2017

As bolsas Kate Spade não são baratas, mas se pretende gastar essa quantidade de dinheiro, garanta que a peça seja legitima. Da etiqueta até o material usado e o padrão, existem muitas formas para garantir a autenticidade de uma bolsa dessa marca.

Instruções

  1. Comece pela etiqueta. Existem dois tipos básicos de etiqueta: em relevo e tecido. As do tipo em relevo e carimbadas são simples. Elas aparecerão apenas em bolsas de couro e essas bolsas jamais terão uma etiqueta de tecido. Elas geralmente aparecem no topo da bolsa e são feitas com a mesma fonte e tamanho da etiqueta de tecido. Modelos de tecido são um pouco mais complicados. A melhor forma de identificar as peças originais é através do método que a etiqueta é presa e as letras. Todas as bolsas Kate Spade contam com etiquetas que são costuradas. Isso significa que elas são realmente costuradas na bolsa e não apresentam simplesmente uma costura colada nelas. Muitas peças falsificadas colocam uma costura colada sobre a etiqueta. Puxe a etiqueta e, se ela sair, a peça é falsificada. As bolsas contam com um padrão das letras. Isso significa que o nome "Kate Spade" aparece como "kate spade", com espaçamento igual e linhas limpas. As etiquetas apresentarão "New York" em letras maiúsculas, logo abaixo do nome ou apenas o nome. Existem outras etiquetas específicas para bolsas Kate Spade, mas elas servem para coleções individuais. Se você tiver alguma dúvida sobre alguma etiqueta, confirme com o site oficial da marca.

  2. Em seguida, verifique o pé da bolsa. Os modelos que contam com pés (nem todas apresentam essa característica), apresentam peças pequenas e discretas. Elas não apresentam um formato de piramide ou de cone. Se você possui uma bolsa com grandes pés, provavelmente trata-se de uma peça falsificada.

  3. Garanta que a estampas e design da bolsa são autênticos às coleções Kate Spade. Muitos contrabandistas copiam o formato ou o tecido de um modelo, mas não ambos. Verifique o catálogo ou site para confirmar o estilo. Alguns padrões que são comuns em bolsas falsificadas são estampas de mirtilo, frutas, fotografias de velhos ícones de Hollywood, desenhos grandes e letras grandes. Quase todas as bolsas da Kate Spade são lisas, com uma cor apenas, e não contam com estampas.

  4. Examine o zíper e fecho. Se eles aparentarem ser de baixa qualidade ou demonstrarem qualquer sinal de desgaste ou ferrugem, a bolsa é uma imitação.

  5. Examine o formato da bolsa disponível e de qual coleção ela representa. Muitos contrabandistas acertam no estilo, mas produzem bolsas com formatos de coleções diferentes.Verifique a linha da Kate Spade para garantir que a sua bolsa está de acordo com o formato e estilo original.

  6. Procure por um autenticador. Existe um site online chamado "I Hate Counterfeit Bags Info". Verifique o seu modelo com as especificações listadas no site ou entre em contato com a dona do site para que ela verifique a autenticidade da bolsa.

Dicas

  • Essa é uma lista limitada, já que os contrabandistas sempre aparecem com novos truques. Um bom conceito para ser utilizado é: "se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é". Pense bem quando for comprar online ou em algum brechó. Lembre-se de que essas bolsas são vendidas por mais de R$ 200. Por que alguém venderia uma nova por R$ 20?

Aviso

  • É um fato confirmado que a própria Kate Spade confrontou uma mulher por carregar uma peça falsificada, portanto tome cuidado quando for comprar uma bolsa falsa.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article