Incapacidade de chorar e depressão

Escrito por ann murray | Traduzido por tiago cavalcanti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Incapacidade de chorar e depressão
Depressão pode resultar em incapacidade de chorar (woman in solutude and depression image by Allen Penton from Fotolia.com)

Também chamada depressão clínica e transtorno depressivo maior, a depressão é uma complexa doença médica que afeta a mente e o corpo. Ela pode ser debilitante e torna as atividades do dia a dia impossíveis. Algumas pessoas com depressão perdem interesse em coisas que costumavam causar-lhes prazer, tornam-se incapazes de se importar com a sua família e, no pior dos casos, cometem suicídio. Esta doença crônica pode ter uma grande variedade de sintomas físicos e emocionais, incluindo incapacidade de chorar.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

De acordo com a Mayo Clinic, os sintomas da depressão incluem sentimentos de infelicidade e tristeza, excessiva irritabilidade ou frustração, perda de interesse ou prazer numa grande série de atividades, redução do desejo sexual, sono excessivo ou insônia, mudanças de apetite, inquietação ou agitação, retardamento da fala e do pensamento, cansaço e fatiga, indecisão, sentimento de culpa ou inutilidade, problemas em concentrar-se ou tomar decisões, pensamentos frequentes de morte e suicídio, crises de choro ou incapacidade de chorar.

Choro

Chorar tem sido há muito tempo entendido como um comportamento humano fundamental para expressar angústia. Seu propósito é tanto chamar por ajuda como reforçar vínculos entre indivíduos pela empatia. De acordo com um artigo no site Science Daily, os benefícios sociais do choro dependem do contexto das lágrimas, mas os efeitos psicológicos são consistentes, não importando o contexto, e incluem a desaceleração da respiração e redução da frequência cardíaca e pressão sanguínea. Contudo, pesquisas mostram também que indivíduos sofrendo alguma desordem de humor, como a depressão, têm menor probabilidade de experienciar os efeitos positivos do choro.

Choro e desordens de humor

Numa investigação piloto para a revista Depression and Anxiety, pesquisadores investigaram a relação entre desordens de humor e o choro. Enquanto se tem mostrado haver uma correlação entre depressão e choro (ambos aumento do choro e incapacidade de chorar), o relatório empírico é inconclusivo. O Manual Estatístico e Diagnóstico de Desordens Mentais (DSM-IV) não requer alterações do choro para diagnosticar depressão ou outras desordens de humor. Contudo, no curso desse estudo, pesquisadores encontraram uma correlação entre a severidade da depressão e a inabilidade de chorar. A evidência reforça a conclusão de que quanto mais severa for a desordem de humor, maior será a dificuldade em chorar.

Diferença entre gêneros

De acordo com estudo na revista Depression and Anxiety, mulheres reportam mais a incapacidade de chorar que homens. Enquanto o mecanismo não é entendido, o estudo coloca que as desordens de humor em homens podem afetar um conjunto diferente de neurotransmissores, resultando numa variedade de resultados.

Cuidado

A depressão é uma doença séria, e os sintomas, como a incapacidade de chorar, podem ser tratados. Não tratá-la pode resultar numa coleção de problemas que pode afetar cada área da sua vida. Procurar tratamento ao primeiro sinal de desordem mental pode ajudar a evitar a manifestação completa da doença. Há muitas opções de tratamento, e a maioria das pessoas que buscam tratar-se veem uma melhora nos sintomas, de acordo com a Mayo Clinic.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível