Ingredientes básicos de um xampu anticaspa

Escrito por shawnte pierce | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Ingredientes básicos de um xampu anticaspa
Conheça os ingredientes do xampu anticaspa (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

Um couro cabeludo que coça e descama é sintoma de caspa ou dermatite seborreica. Felizmente, existem vários produtos disponíveis no mercado para controlar e às vezes até eliminar o problema. Os xampus específicos para o tratamento da caspa são a forma mais comum de tratamento. Aprenda aqui o básico sobre os ingredientes ativos encontrados na maior parte destes xampus.

Outras pessoas estão lendo

Causas da caspa

Um equívoco comum em relação à caspa é achar que a causa do problema é um couro cabeludo seco. Na verdade, uma pele seca raramente produz uma descamação visível a olho nu e é o excesso de oleosidade ou uma infecção causada por fungo que causam o problema. No caso do couro cabeludo oleoso, o melhor truque é massageá-lo com xampu comum por cerca de cinco minutos, enxaguando bem ao terminar. A massagem solta as células mortas da pele que são descartadas com o enxágue. Mas se o caso for de fungo (dermatite seborreica), será preciso apelar para os xampus específicos. Eles agem combatendo a infecção causada pelos fungos e dissolvendo a pele descamada. Mas lembre-se: antes de tratar qualquer problema do couro cabeludo, consulte um médico para ter certeza de que não existe nenhum outro problema mais amplo.

Ingredientes básicos do xampu

Xampus anticaspa comuns que não precisam de receita médica para serem adquiridos contêm água, um detergente (agente de limpeza), um surfactante (responsável pela espuma), sal, fragrâncias (naturais e artificiais), preservativo e corante alimentar. Com a exceção da água e do sal (cloreto de sódio) que estão presentes em todas as fórmulas, diferentes compostos químicos são usados dependendo do resultado desejado. Por exemplo, na escolha de um surfactante, um xampu pode utilizar lauril éter sulfato de sódio, enquanto outro pode optar por lauril sulfato de amônio ou ainda potássio. Tudo depende apenas do desejo do fabricante. Muitos xampus contam ainda com vitaminas e hidratantes. Eles entram na formulação para prevenir que grande parte do óleo natural presente no couro cabeludo e nos fios de cabelo sejam eliminados durante a lavagem. No caso específico dos anticaspas, um outro ingrediente é utilizado para ajudar no controle do problema, e costuma vir listado na embalagem como o sendo o princípio ativo do produto.

Alcatrão de hulha

O alcatrão de hulha é o princípio ativo do Xampu T-Gel da marca Neutrogena, este ingrediente é usado para tratar vários problemas do couro cabeludo que envolvem o surgimento de caspa e outras condições como eczema e psoríase. A Clínica Mayo recomenda massagear o xampu com alcatrão no couro cabeludo, deixando o produto "descansar" por cerca de cinco minutos. Depois disso, recomenda-se um enxágue bem feito. Também é aconselhável evitar a exposição aos raios solares após a aplicação do produto, porque a área tratada se mostrará sensível à luz do sol (e à luz de lâmpadas que simulam os raios do sol), aumentando assim as chances de câncer da pele.

Ácido salicílico e enxofre

O ácido salicílico e o enxofre são usados em conjunto para tratar de vários problemas da pele, inclusive a caspa. A marca Sebex usa está combinação no seus xampus anticaspa. Os dois ingredientes juntos fornecem um controle temporário da escamação e da coceira resultante de psoríase, caspa e dermatite seborreica. O ácido salicílico trabalha quebrando as células mortas da pele para revelar a nova camada que existe logo abaixo. Ele também ajuda na penetração de agentes fungicidas. O ácido salicílico é ainda um antisséptico leve que pode curar irritações causadas pelo ato de se coçar o couro cabeludo. Já o enxofre entra como um fungicida que combate os fungos que causam a caspa de algumas pessoas.

Cetoconazol

Este ingrediente é encontrado, por exemplo, no xampu Nizoral e é um fungicida utilizado no tratamento de casos mais sérios de caspa e infecção. Um xampu com dois por cento de cetoconazol pode ajudar a controlar casos moderados de caspa e deve ser massageado no couro cabeludo e deixado sobre os cabelos por cerca de cinco minutos antes de ser completamente enxaguado. Mas sempre consulte um médico antes de utilizar qualquer xampu com cetoconazol, porque o ingrediente pode causar danos ao fígado.

Sulfeto de selênio

A linha de anticaspas Selsun Azul usa o sulfeto de selênio como seu ingrediente ativo. Os xampus comercializados sem receita contêm um por cento de sulfeto de selênio. Acima disso, só mesmo com prescrição médica. O ingrediente é fungicida e a Clínica Mayo recomenda que ele seja usado apenas duas vezes por semana, com a aplicação de uma ou duas colheres de chá do xampu no couro cabeludo, massageando e deixando o produto agir durante mais três minutos antes de enxaguar bem. Se o seu cabelo tiver recebido tratamento químico ou se você tem um cabelo pintado em tons claros, saiba que este produto pode manchar os fios se não for enxaguado direito.

Piritionato de zinco

O Head &Shoulders é um xampu sem receita que usa o piritionato de zinco como seu princípio ativo. O ingrediente é um fungicida que também atua na quebra das células mortas da pele mas que, diferente dos demais, não agride nem o couro cabeludo nem o cabelo e que, portanto, pode ser usado até mesmo diariamente. A recomendação mínima para um bom efeito é seu uso pelo menos duas vezes por semana, massageando o couro cabeludo e deixando o produto no cabelo por vários minutos antes do enxágue. Depois que a caspa estiver sob controle, pode-se diminuir a dose para apenas uma vez por semana.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível