Insetos que afetam folhas de tomate

Escrito por dawn walls-thumma | Traduzido por débora cussiol
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Insetos que afetam folhas de tomate
O mandarová é uma das pestes comedoras de folha mais comum em plantas de tomate (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Embora você possa pensar em um sanduíche de tomate suculento ao olhar para suas plantas de tomate, inúmeros insetos-praga veem as folhagens das plantas como uma refeição adequada. Alguns insetos mastigam as folhas, enquanto outros sugam a seiva delas. Ambos os tipos de pragas podem ameaçar a saúde e produção de suas plantas.

Outras pessoas estão lendo

Lagartas

Várias espécies de lagartas se alimentam das folhas das plantas de tomate. O mandarová do tomate, que distingue-se pelo "chifre" curvado projetado a partir de suas oito listras posteriores e diagonais nas costas, pode desfolhar bastante as plantas, assim como a lagarta beterraba. Como estas lagartas são grandes, você pode removê-las com plantas ou usar um inseticida biológico ou convencional.

Apesar do nome, a lagarta do tomate também se alimenta de folhas e pode penetrar na nervura central da folha, se alimentando de dentro dos gomos e causando um crescimento deformado.

Insetos que afetam folhas de tomate
A lagarta do tomate se alimenta de suas folhas (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

Pulgões

Pulgões extraem seiva das folhas das plantas com sua boca delgada. De cor esverdeada e tamanho pequeno, eles surgem em grandes multidões, e sua atividade de alimentação pode enrolar e deformar as folhas. Eles também transmitem doenças que podem matar as plantas. As plantas perdem as flores, ficam marrons e morrem do topo para a base. Inseticidas de baixa toxicidade, como o inseticida-sabão são eficazes em matar pulgões.

Moscas-brancas

As moscas-brancas afetam principalmente os tomates de estufas. Como os pulgões, esses pequenos insetos sugam a seiva das folhagens e propagam doenças aos tomates. As folhas podem desenvolver manchas amarelas, e murchar em seguida. As moscas-brancas também excretam melada, o que pode causar uma infecção fusariose secundária desenvolvida sobre as folhas que reduzem ainda mais o seu vigor.

Pselídeo

O psilídeo pode causar graves danos aos tomates. Os pequenos insetos sugam a seiva das folhas, injetando simultaneamente um produto químico que prende o seu crescimento, deixando-as torcidas e descoloridas. Os psilídeos jovens são verdes e assemelham-se a pulgões, enquanto os adultos são preto-e-branco listrados e saltam quando perturbados. Tratar um tomateiro contra o psilídeo é essencial para proteger a saúde da planta e deve ser feito com pó de enxofre, sabão inseticida ou um inseticida aprovado.

Besouro-saltador

Besouros-saltadores saltam prontamente quando perturbados, e essa característica é responsável por seu nome. Estes minúsculos comedores de folhagem deixam pequenos orifícios nas folhas de plantas de tomate, deixando uma aparência de "renda". Besouros-saltadores representam o maior risco para as mudas de plantas que não podem suportar as centenas de pequenas mordidelas causadas por esta praga. As plantas maduras podem geralmente suportar infestações. Uma vez que os inseticidas não são eficazes nestas pragas, use armadilhas para colheitas durante a fase de mudas, plante rabanetes perto de suas mudas de tomate ou use um repelente como terra de diatomáceas, óleos hortícolas ou óleo de nim.

Bicho-mineiro

O bicho-mineiro se entoca entre as camadas de tecido da folha, deixando um rasto rabiscado amarelo visível na superfície da folha. Ele pode causar atraso no crescimento e produtividade reduzida nos tomates. Armadilhas adesivas podem atrair e capturar esse lagarto antes que ele danifique as plantas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível