Intrumentos do Geólogo

Escrito por michael monet | Traduzido por mailson belarmino de souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Intrumentos do Geólogo
Geólogos, muitas vezes, carregam uma variedade de garrafas e recipientes de amostras pequenas, a fim de coletar amostras de água de rocha e solo (Comstock/Comstock/Getty Images)

Os Geólogos trabalham com a terra como ela é agora, para entender como era no passado e como ela pode ser no futuro. Certas ferramentas e instrumentos podem facilitar o trabalho de um geólogo. Algumas dessas ferramentas são muito simples e não mudaram muito ao longo de décadas, enquanto outras são mais modernas, especializadas e caras.

Outras pessoas estão lendo

Bússola Brunton

A bússola Brunton, é um tipo específico de bússola magnética criada pelo geólogo David W. Brunton no ano de 1890. Com essa bússola, um geólogo pode medir "strike and dip" (volume e profundidade), a orientação física das camadas de rocha, falhas e outras características geográficas. Ao saber as medidas exatas de camadas de sedimentos, o geólogo pode fazer suposições mais precisas sobre quando, como e por que o solo foi alterado. A bússola Brunton, foi um dispositivo elétrico de levantamento geológico, desde a sua invenção, embora hoje em dia possa ser acompanhado por todos os dispositivos de uso de GPS e computador ou aplicativos de telefones inteligentes que ajudam a calcular "strike and dip".

Lupa

A lupa é usada para dar ao geólogo uma visão ampliada da terra ou rochas que se está examinando. Sedimentos de granulação fina, terra, solo e rochas, muitas vezes têm muito mais detalhes que não são vistos sem ampliação. Muitos geólogos usam pequenas lentes de mão dobráveis, ​​que podem ser usadas em uma corda ao redor do pescoço, de modo que eles estejam sempre a postos.

Martelos e Cinséis

Os geólogos usam uma série de pequenos martelos e cinzéis para quebrar rochas. A superfície exterior de uma rocha é mais áspera e mais desgastada do que o interior protegido. Para descobrir a história e a composição de uma rocha, um geólogo vai dividi-la ao meio para revelar as suas camadas internas. A cor, textura e padrões do interior de uma rocha, podem ajudar a um geólogo discernir coisas sobre o ambiente em questão. Um geólogo também pode determinar de que base é feita a pedra, devido a facilidade e a maneira com que se dividir, se parte ou quebra.

Os martelos, vêm com pontas, indicadas para rochas ígneas ou metamórficas, de sondagem e melhores para as rochas sedimentares e solos. Cinzéis, emparelhados com marretas e martelos pequenos, chamados de martelos cracks, são ferramentas adicionais de precisão, para trabalhar com minerais e fósseis.

Livro de campo

Um geólogo que trabalha fora requer um livro durável de campo, tanto para referência rápida e para anotações do campo. Gráficos, tabelas, notas taquigráficas sobre rochas, solo e minerais, são incluídas no livro de campo. Livros de campo, são muitas vezes á prova d'água e de intempéries. Livros de campo detalhados, incluem uma tabela, com a qual comparam-se amostras de rochas, minerais do solo, e grãos. Canetas à prova d'água e mapas topográficos, também são acessórios fundamentais incluídos na mochila de um geólogo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível