Casa

Porque a junta do cabeçote esta vazando?

Escrito por robert moore | Traduzido por lynn blanch
Porque a junta do cabeçote esta vazando?

A junta cria uma perfeita vedação entre o cabeçote e o bloco do motor

Liquidlibrary/liquidlibrary/Getty Images

Quando a junta do cabeçote queima, o líquido do radiador começa a vazar para o cárter e mistura com o óleo do motor. Essa mistura cria uma substância leitosa, que vai revestir toda e qualquer coisa em seu caminho. Isso estraga o virabrequim e mancais das bielas e entope as passagens de óleo, causando danos aos componentes que precisam da lubrificação. Na maioria dos casos, o vazamento na junta do cabeçote pode ser evitado.

Outras pessoas estão lendo

Superaquecimento

Superaquecimento é a causa número 1 de danos à junta do cabeçote. Quando o motor superaquece, o cabeçote e o bloco do motor irão se expandir e pode esmagar a junta, causando um vazamento. Mesmo se o motor não esquentar o suficiente para deformar o cabeçote, a operação excessiva em altas temperaturas pode fazer com que o material sobre a junta torne-se quebradiço e rache, criando uma série de vazamentos.

Pré-ignição

A pré-ignição coloca uma séria pressão sobre a junta do cabeçote e é comumente associada com o superaquecimento do motor. A pré-ignição ocorre quando pontos quentes se desenvolvem dentro da câmara de combustão, e os mesmos tornam-se uma fonte de ignição. Quando isso acontece, a combustão irá ocorrer antes que a vela de ignição dispare. A força criada pela combustão prematura coloca muita pressão sobre a junta do cabeçote e ao longo do tempo isso fará com que ela falhe.

Detonação

A detonação, também conhecida como batida de ignição, é essencialmente causada pela combustão inadequada. Quando isso acontece, em vez de uma, temos múltiplas chamas no interior da câmara de combustão, causando um aumento súbito da pressão. Essa pressão adicional impõe um stress excessivo na junta do cabeçote, nas válvulas e nas hastes do pistão, e é acompanhada por um barulho de batida durante a aceleração. Detonação é comumente causada por combustível com um baixo índice de octano, algum problema no sistema de recirculação dos gases de escape ou avanço de ignição.

Instalação incorreta

Se o motor foi aberto recentemente e o cabeçote foi removido, é possível que o mecânico que fez o trabalho não tenha apertado os parafusos corretamente ou não respeitou a sequência correta durante a instalação. A junta necessita de uma certa quantidade de pressão para ser mantida entre o cabeçote e o bloco do motor para assim garantir uma vedação permanente.

Medidas Preventivas

Mantenha sempre um olho no indicador de temperatura. Toda vez que começar a ocorrer um superaquecimento, desligue o motor, diagnostique e repare o problema. Se, quando estiver dirigindo, você notar batidas ou faíscas, aumente a octanagem de seu combustível e verifique se o sistema de recirculação dos gases de escape está funcionando bem. Em carros mais antigos, ajuste a relação ar-combustível conforme necessário. Também é muito importante dar uma boa manutenção ao sistema de ignição do motor. Se o seu veículo utiliza um sistema distribuidor, recoloque a tampa e rotor de acordo com o cronograma de manutenção do fabricante e para melhor desempenho sempre troque os fios e plugs a cada 24.000 km.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media