Lesão no olho do cão: remoção do globo ocular

Escrito por jennifer gittins | Traduzido por juliana néris nakanejo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lesão no olho do cão: remoção do globo ocular
A maioria dos cães irá adaptar-se à perda do olho (dog image by Holtea Silviu from Fotolia.com)

Muitos donos preferem que o globo ocular do seu cão seja deixada intacto. Infelizmente, em algumas doenças ou traumas, isso pode não ser sempre possível. Um bom veterinário irá esgotar todas as opções antes de recomendar qualquer tipo de remoção do globo ocular. Um proprietário que está enfrentando essa situação com seu cão deve estar ciente de todos os três tipos de técnicas que podem ser usadas no seu companheiro canino.

Outras pessoas estão lendo

Causas

Uma razão comum para a remoção do globo ocular é trauma grave ou danos não tratáveis. Isso inclui trauma ocular causada pela briga com outros cães ou animais, e lesão intencional por parte de um proprietário ou de outra pessoa. Também pode ser exigida a remoção por causa de câncer afetando o olho ou outras doenças oculares que têm o potencial de se espalhar e causar sérios danos ao resto do corpo. Em alguns casos, defeitos congênitos ou infecções que não respondem ao tratamento também podem exigir a remoção completa do globo ocular.

Sinais de problema ocular

Os sinais de trauma físico no olho podem incluir hemorragia profusa, inchaço, vermelhidão, arranhão ou patadas no olho. Alguns cães podem ter deformidades visíveis, como um olho saliente ou de forma estranha. Infecções graves podem causar pus de várias cores e escorrem para fora do olho ou cavidade ocular. Sinais de qualquer problema de olho devem ser levados a um veterinário para diagnóstico e tratamento imediato.

Evisceração

Evisceração não é a remoção total do globo ocular, mas a remoção do conteúdo dele. Nesta operação, a esclerótica e os músculos extra-oculares são deixados para trás. A esclerótica é o invólucro do globo ocular, também conhecida como o "branco do olho". Esta técnica é feita com mais frequência em situações que surgem seguidas de complicações que estão associadas com facoemulsificação, que é um tipo moderno de cirurgia de catarata.

Exenteração

Outro tipo de remoção de olho em cães é chamada de exenteração, e é geralmente realizada em cães que sofrem de algum tipo de tumor ocular. Nesta cirurgia, o olho inteiro é removido, incluindo todos os músculos, a gordura, os tecidos e as estruturas adjacentes. Em alguns cães pode também ser exigida a remoção das pálpebras, devido ao espalhamento do câncer ou devido a infecções persistentes.

Enucleação padrão

Ao contrário de um exenteração, a enucleação padrão é uma técnica cirúrgica na qual apenas o próprio globo ocular é removido. Isto significa que todos os tecidos circundantes, a cavidade ocular e quaisquer estruturas adjacentes são deixados para trás. A enucleação padrão é o procedimento de remoção do globo ocular mais comum usado atualmente. Como todas as técnicas de remoção do globo ocular, a enucleação será seguida pela costura das pálpebras. Para alguns cães, uma esfera de silicone ou plástico pode ser inserida na cavidade para proporcionar uma aparência mais natural antes de fechar permanentemente as pálpebras.

Prognóstico

A remoção do globo ocular pode salvar a vida de um cão, especialmente se houver um tumor crescendo no interior do olho ou uma infecção grave que pode espalhar-se para o resto do corpo. Felizmente, a maioria dos cães irá se ajustar muito bem ao fato de ter apenas um olho restante funcionando. No entanto, os cães que perderam ambos os olhos ainda podem se adaptar bem à cegueira. Enucleação é menos traumática para o cão, e também menos desfigurante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível