Mais
×

Como lidar com desobediência em uma sala de aula de jardim de infância

Atualizado em 17 abril, 2017

Desobediência é sempre algo desagradável de se lidar, especialmente quando estiver vindo de uma criança pequena ou de um grupo de crianças, como os alunos de jardim de infância. Você tem a responsabilidade de ajudá-los durante esse processo fazendo-os perceber o que eles fizeram de errado sem desmoralizá-los ou arranjar problemas para si mesma. Pode parecer irremediável às vezes, mas existem muitas estratégias que você pode usar para fazer a diferença na vida de uma criança, mesmo se levar um tempo para atingir as mais desobedientes.

Instruções

Crianças desobedientes frequentemente procuram testar suas novas habilidades de oposição (Comstock Images/Comstock/Getty Images)
  1. Trate cada situação de desobediência com uma solução encorajadora. Nunca grite, bata ou dê rótulos a seus alunos, mesmo se forem rótulos positivos. Isso pode fazê-los sentir como se devessem viver de acordo com um certo padrão sem nunca cometer erros, e eles podem estar recebendo disciplina física e verbal constantemente em casa, então você pode ser a única fonte de encorajamento que ele recebe o dia inteiro.

  2. Dê intervalos positivos. Ao invés de colocá-lo em um canto para pensar sobre o que fizeram de errado, retire-o de uma atividade em grupo, explique a ele como afetou os outros e peça que invente formas de melhorar a situação. Você pode usar frases simples como "Quando você pegou o giz de cera do João, ele ficou triste. Como você pode fazer ele se sentir feliz de novo?". Dê a ele alguns minutos para pensar sobre todas as possibilidades, mesmo se tiver uma resposta imediata.

  3. Ajude as crianças a se sentirem aceitas na sala de aula. Muitos problemas de desobediência aparecem porque alguns alunos nunca estiveram na escola e estão assustados com o novo ambiente e sentem falta de seus familiares. Descubra do que eles gostam e agrupe-os de acordo com suas áreas de interesse para um projeto que irá fazê-los se sentirem confortáveis com outras crianças com os mesmos gostos.

  4. Dê as instruções de uma forma diferente. Se uma criança estiver confusa com uma tarefa, talvez ela não verbalize seus sentimentos, fique frustrada e aja com raiva. Se você pode ajudá-la a terminar o projeto ou a entender como fazê-lo sozinha, sua mente ficará focada no projeto, ao invés de querer fazer as coisas do seu jeito.

  5. Alerte os pais sobre o comportamento da criança. Embora você talvez não saiba que tipo de modelos eles têm em casa, as crianças e seus padrões comportamentais são responsabilidade de seus pais.

  6. Esteja atento sobre como irá alertar os pais. Alguns pais estão inclinados à raiva e podem piorar a situação, então talvez você precise ser gentil e encorajador na maneira em que fala com eles. Outros pais acreditam que seu filho é perfeito e talvez você precise ser duro e firme, oferecendo evidências se necessário.

  7. Fale sobre os dias difíceis com um amigo ou um membro da família. Manter as emoções estressantes dentro de si pode acabar com sua paciência e tornar a situação ainda mais difícil.

Dicas

  • Rótulos positivos devem ser dados para ações. Ao invés de dizer: "Susana, você é uma boa garota", diga: "Susana, essa foi uma coisa muito legal que você fez compartilhando seu biscoito".

Aviso

  • Aconselhe os pais e os seus supervisores a pedir ajuda profissional para crianças muito agressivas e violentas.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article