Loratadina e Gravidez

Escrito por mike parker | Traduzido por wladimir d. uszacki
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Loratadina e Gravidez
A gestante deve conversar com seu médico antes de tomar medicamentos contendo loratadina (pregnant #3 image by Adam Borkowski from Fotolia.com)

A loratadina é um ingrediente ativo em um número de marcas de anti-histamínicos. Ela é projetada para proporcionar um alívio temporário dos sintomas de alergias sazonais e febre do feno. Em alguns casos, também é útil para o tratamento de certos sintomas comuns de urticárias, como prurido e vermelhidão. A loratadina é classificada como droga de risco B à gravidez nos EUA, o que significa que não há risco conhecido para mulheres grávidas ou seus bebês.

Outras pessoas estão lendo

Função

A loratadina funciona bloqueando a produção de histamina no corpo, uma substância que é responsável por alguns sintomas de alergia, como espirros, coceira e nariz escorrendo. Medicamentos contendo loratadina são tipicamente tomados em comprimido, xarope ou efervescente. Você normalmente o toma uma vez por dia, com ou sem alimentos, ou como prescrito por um médico.

Efeitos

A loratadina é classificada quanto ao risco à gravidez como medicamento classe B. Há duas razões para um medicamento ser classificados na categoria B: Ou a medicação passou por estudos com animais que não indicaram a evidência de danos ao feto, mas não foi adequadamente testada em mulheres grávidas, ou estudos bem controlados em mulheres grávidas não indicaram um risco para as crianças, embora estudos em animais tenham demonstrado um efeito adverso no feto.

Considerações

Mulheres que estão grávidas, estão planejando engravidar ou estão amamentando devem conversar com seu médico antes de tomar medicamentos que contenham loratadina.Mulheres que engravidarem enquanto tomarem medicamentos contendo loratadina devem entrar em contato com seu médico.

Aviso

De acordo com o site OBFocus.com, as mulheres grávidas que querem alívio dos sintomas de alergias sazonais devem usar medicamentos contendo clorfeniramina e tripelenamina, embora a loratadina possa ser aceitável em pacientes que não têm alívio adequado de clorfeniramina ou tripelenamina. Não se sabe se a loratadina passa através da placenta. Sabe-se que ela passa para o leite materno, por isso mães que amamentam podem considerar a interrupção da amamentação enquanto tomam medicamentos que contenham loratadina.

Identificação

A loratadina é encontrada em uma série de medicamentos prescritos e comuns. Alguns destes medicamentos contêm combinações de loratadina e sulfato de pseudoefedrina. A pseudoefedrina é classificada como uma medicação categoria C, o que indica que não houve estudos bem controlados do medicamento em mulheres grávidas e estudos com animais não foram realizados ou mostraram um efeito adverso ao feto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível