Saúde

Manchas Escuras na Parte Branca do Olho

Escrito por cheryl jones | Traduzido por tiago tostes
Manchas Escuras na Parte Branca do Olho

Manchas escuras, ou nevos, podem aparecer no branco do olho ou na íris

i've got my eye on you image by tamdesigns from Fotolia.com

Verrugas ou sardas na parte branca do olho, ou esclera, atraem a atenção e podem levantar suspeitas sobre um problema de saúde. Essas sardas são geralmente inofensivas. Se a mancha ocorre subitamente, no entanto, pode ser um sinal de um câncer maligno.

Outras pessoas estão lendo

Descrição

Manchas escuras na esclera são simplesmente lesões pigmentadas assim como ocorre na pele, explica o Minnesota Eye Consultants. A lesão, ou nevo, pode ser liso ou ligeiramente elevada e pode variar na cor de preto e castanho a rosado, escreve David A. Lee e Eva J. Higginbotham no livro "Clinical Guide to Comprehensive Ophthalmology". Ocasionalmente, o nevo não contém pigmento e pode ocorrer na esclera, na íris, que é a parte colorida do olho, ou na conjuntiva, que é a membrana que reveste o interior das pálpebras e cobre a superfície visível da esclera. O nevo pode ocorrer também na coróide, tecido situado abaixo da retina na parte posterior do olho, conforme o Minnesota Eye Consultants. Nevos nesse local só podem ser vistos com uma lâmpada especializada.

Tipos

Sardas no olho são coletivamente chamados de tumores pigmentados, embora a maioria seja inofensiva. Nevos congênitos são o tipo mais comum de tumor pigmentado, de acordo à página Eye Cancer Network. Outros tipos incluem melanose primária adquirida e melanoma conjuntival. Uma biópsia determina o tipo de lesão. O especialista, no entanto, pode decidir observar a lesão e fazer a biópsia somente se ela mostra sinais de crescimento.

Causas

Nevos são causados ​​por um crescimento excessivo de melanócitos, ou células que produzem pigmento, de acordo com o Minnesota Eye Consultants. Os melanócitos encontram-se nos olhos, pele e outros tecidos e a maioria dos nevos são congênitos ou formam-se na infância. Pessoas com pele pigmentadas muitas vezes têm nevos congênitos. Os nevos congênitos podem passar despercebidos até a puberdade, quando o local torna-se mais escuro ou maior, de acordo com Lee e Higginbotham. Melanose primária adquirida normalmente aparece de repente, observa a Eye Cancer Network. Geralmente ocorre na meia-idade nas pessoas com pele clara. Já a melanose conjuntival é rara, diz a página Surgical Pathology, e começa como melanose primária adquirida, nevo congênito, ou ocorre espontaneamente.

Tratamentos

Nevos congênitos não têm sintomas e não requerem tratamento. A maioria das lesões pigmentadas são benignas, diz a Eye Cancer Network. Lesões cancerosas são removidos cirurgicamente e os oftalmologistas devem observar cuidadosamente todas as lesões pigmentadas para quaisquer sinais de crescimento ou mudança na forma, com especial atenção no caso de que a lesão desenvolva um amplo suprimento de sangue ou se estenda para a córnea. Nevos benignos podem crescer, mas o seu crescimento é mais lento do que o das lesões malignas.

Precauções

Nevos que mudam de tamanho ou forma devem ser biopsiados, aconselha o Minnesota Eye Consultants. Porém, os nevos congênito raramente tornam-se cancerosos. Uma mudança na cor sem mudanças no tamanho ou forma não é sinônimo de malignidade, conforme Lee e Higginbotham.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media