Como manipular átomos e moléculas com um nano-robô

Escrito por jacquelyn jeanty | Traduzido por carlos augusto santana filho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como manipular átomos e moléculas com um nano-robô
Nano-robôs são capazes de trabalhar em um nível molecular (http://www.pcweb.es/, http://www.acceleratingfuture.com/, http://www.e-spaces.com)

A ciência da nanotecnologia levou o conceito de produção a um nível completamente novo, por trabalhar em um nível de construção molecular, reconstruindo e manipulando moléculas e átomos. Os nano-robôs são os novos dispositivos criados para revolucionar a vida como a conhecemos e estas invenções serão as ferramentas que darão aos cientistas a capacidade de reconstruir todo o material em seu nível molecular usando qualquer combinação de elementos possível e para atender a qualquer necessidade prática. Vamos dar uma olhada de perto nas capacidades dos nano-robôs.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Dimensionar para o mundo nano. A palavra "nano" é na verdade um comprimento de medida igual a 0,000000001, o que faz com que um nanômetro equivalha a um bilionésimo de um metro. As moléculas e átomos existem dentro desta escala de medição e, assim sendo, os nano-robôs não podem ser maiores do que os componentes que manipulam.

  2. 2

    Mova os átomos para o lado. O microscópio de sonda de varrimento (SPM) é uma ferramenta nano-robótica atualmente usada para mover moléculas e átomos de um lado a outro — até agora, esta ferramenta só funciona numa escala bidimensional. Cientistas da Universidade de Cornell criaram um microscópio de varredura por sonda capaz de padronizar circuitos de computador que não são maiores do que um fio de cabelo humano. O dispositivo contém um motor de um quinto de um milímetro de largura. O microscópio de varredura por sonda é um dos primeiros projetos de nano-robôs existentes.

  3. 3

    Revestimentos personalizados por camada. Outra abordagem para a fabricação molecular é a montagem robotizada de nanopartículas em camadas sucessivas, ou "nanoslices". Os átomos são dispostos em camadas finas e, em seguida, são empilhados um em cima do outro. Usando estas camadas, os circuitos são cortados nas próprias camadas usando ácidos, lasers ou radiação ultravioleta, e uma variedade de aplicações de hardware de computador têm tido resultados com este processo, bem como as tecnologias que utilizam componentes semicondutores.

    Como manipular átomos e moléculas com um nano-robô
    As propriedades moleculares de proteínas e DNA ajudam a determinar como o nano-robô deverá ser implementado
  4. 4

    Siga o exemplo da natureza. Cientistas no campo da nanotecnologia estão estudando as propriedades moleculares de proteínas e DNA de auto-criação como modelos para determinar como a ferramenta nano-robô poderá ser projetada e implementada. Esta é uma das muitas abordagens tomadas para avançar no campo, e a capacidade de automontagem inerente à matéria orgânica é organizada em torno de frequências de calor e de adaptação espacial. Os cientistas procuram transformar este processo no modelo do nano-robô, e as dinâmicas moleculares inerentes aos materiais orgânicos deverão conter os princípios básicos necessários para avançar na ciência da nanotecnologia.

  5. 5

    Use nano-robôs para construir nanomáquinas. Este "crescimento" da fabricação de materiais em nível molecular é a razão por trás da criação de máquinas que podem trabalhar dentro deste mesmo ambiente. Muito parecido com as capacidades de auto-montagem em DNA, nanomáquinas serão necessárias para a montagem dessas criações moleculares em uma escala maior, presente na vida real. Para que isso aconteça, os campos da nanotecnologia e robótica se combinam para replicar a função do nano-robô, bem como sua própria linha de produção.

    Como manipular átomos e moléculas com um nano-robô
    Nanorrobôs para construir nanomáquinas

Dicas & Advertências

  • Tenha a mente aberta ao trabalhar com esta ciência, já que ainda há muito a ser descoberto.
  • Reconstruir os componentes da raiz da matéria é um processo desconhecido. Considerações éticas devem ser feitas conforme a nanotecnologia amadurece.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível