Medidas e cálculos para design de interiores

Escrito por sarah york | Traduzido por daniel tamayo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medidas e cálculos para design de interiores
Planejando design de interior (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Medidas são um componente importante do design de interiores. Elas ajudam a mapear e entender o metro quadrado do espaço e organizá-lo através do planejamento. As medidas e cálculos são cruciais para projetos de reforma e planos de design significativos. Elas ajudam a combinação de mobílias e pequenos detalhes como onde pôr as plantas. Seja consistente com suas medidas, usando as mesmas unidades. Centímetros e metros geralmente são os mais fáceis.

Outras pessoas estão lendo

Planta baixa

Crie uma planta para cada cômodo. Você também pode usar uma planta da casa ou apertamento inteira. Meça tudo no cômodo: o comprimento e largura do chão, altura e largura das paredes, localização das janelas, portas, luzes, ventilações e tomadas e suas dimensões. Use uma fita métrica disponível em lojas de materiais. Desenhe todas as medidas em uma folha de papel. Comece com um quadrado ou retângulo para o cômodo e desenhe flechas mostrando as dimensões de cada item - e a distância entre os espaços - em números. Inclua as localizações de janelas e portas. Faça cópias do desenho acabado, de forma que possa desenhar nele o quanto quiser. Experimente desenhar combinações diferentes de mobílias e acessórios. Uma planta lhe permitirá ver o espaço que você tem para trabalhar, o que cabe no cômodo, onde as coisas podem ir e quais são seus limites. Pode ajudá-lo a lidar com cantos complicados. Leve o desenho com você ao comprar acessórios para janelas, rodapés, mobílias ou tapetes, para saber o tamanho que precisa. Uma planta também ajuda a instalar prateleiras, armários, escrivaninhas, portas e outros projetos decorativos.

Ergonomia e antropometria

Antropometria e ergonomia são estudos científicos das medidas do corpo humano e de que maneira eles interagem com o espaço e como usam equipamentos de trabalho em suas dimensões físicas. Para ver uma tabela dos movimentos e espaços humanos, veja "Interiordezine Charts" abaixo. Apesar de não precisar estudar esses sistemas, considere as dimensões humanas ao medir o espaço do design interior. As pessoas desejam mover-se com conforto. Deixe um cômodo para atividades normais em sua planta. As pessoas no jantar precisam mover suas cadeiras para trás, para entrar e sair da mesa com conforto. Para o sofá, você deve ser capaz de alcançar a mesa de centro sem precisar levantar-se.

Mobília e luz

Meça as fontes de luz no cômodo. De onde vem e em qual ângulo. Onde você precisa de luz? Lembre-se de que o fio da lâmpada precisa chegar até o interruptor. Use sua planta para determinar onde você pode colocar as luzes. Designs sofisticados medem onde a luz incide em vários momentos do dia e a relação entre as fontes de luz e os objetos de arte. Meça a mobília e os outros objetos. Deixe dois ou mais centímetros extras. Experimente o local. Faça combinações que harmonizem atratividade, facilidade e espaço. O cômodo não pode parecer vazio ou entulhado. Artes, fotos e espelhos devem ficar no nível dos olhos. Para pendurá-los na mesma altura, faça uma marca com um lápis. Use fita, lápis ou giz para marcar onde colocar os pregos ou parafusos. Use cálculos para decorações não estruturadas. Você não quer pendurar cortinas de 1 metro em uma janela de 2 metros, ou colocar uma estante de livros sobre uma ventilação de aquecimento. Os cálculos podem mostrar onde você precisa de mais espaço de armazenamento e o melhor ângulo para sua cama. Eles ajudam a determinar onde acrescentar detalhes e descobrir soluções como estantes para pendurar panelas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível