Qual a melhor dieta de cálcio e fósforo para cavalos?

Escrito por michael brent | Traduzido por wanderson andrade
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual a melhor dieta de cálcio e fósforo para cavalos?
O cálcio e o fósforo são parte das necessidades nutricionais de um cavalo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Tanto os cavalos jovens como os adultos necessitam de dieta rica em cálcio para manter os ossos fortes e saudáveis. A absorção de cálcio equina, no entanto, é afetada diretamente pela quantidade de fósforo na dieta de um cavalo, por isso é importante assegurar que a alimentação oferecida ao seu cavalo contenha um equilíbrio correto desses dois minerais.

Outras pessoas estão lendo

Cálcio

O cálcio é um dos minerais mais importantes na dieta de um cavalo, visto que muitas partes do corpo de um cavalo necessitam de cálcio. Uma dessas partes são os ossos do cavalo, que compõem cerca de 35 por cento do peso corporal total de um cavalo. O cálcio desempenha outras funções no corpo do cavalo, como ativar a contração muscular, auxiliar a função das membranas celulares e regular a ação de enzimas em todo o corpo. A absorção de cálcio, contudo, é influenciada pela presença de outros minerais, especialmente de fósforo.

Fósforo

Se a dieta de um cavalo contém muito fósforo, isto irá causar uma redução na quantidade de cálcio absorvida pelo corpo do cavalo. Isto ocorre porque os dois minerais são absorvidos pela mesma área no intestino delgado do animal, com isso estes minerais competem para serem absorvidos. É importante, portanto, que os níveis de fósforo sejam mantidos em equilíbrio com a ingestão de cálcio, assim como uma proporção incorreta dos minerais pode ter um impacto negativo tanto em cavalos adultos como em cavalos jovens em fase de crescimento.

Relação

A fim de que o cálcio seja absorvido eficientemente, para cada grama de fósforo que um cavalo ingere deve corresponder um grama de cálcio, se um cavalo não ingere cálcio suficiente, o seu corpo vai retirar cálcio de alguma parte do corpo, tal como o cálcio armazenado nos ossos. O excesso de fósforo e a ingestão insuficiente de cálcio tem como resultado o comprometimento da integridade óssea de um cavalo. Ao determinar a dieta de um cavalo, é crucial garantir que para cada grama de fósforo haja pelo menos a mesma quantidade de cálcio ou mais - embora níveis excessivos de cálcio (mais de sete partes de cálcio para uma parte de fósforo) não são recomendados.

Alcance um equilíbrio

Manter essa relação pode ser difícil, considerando que a maioria dos fenos utilizados na alimentação de cavalos contem níveis baixos ou moderados de ambos os minerais. A maioria dos grãos de cereais, por outro lado, são pobres em cálcio, mas têm alto teor de fósforo. Um cavalo alimentado com feno e grandes quantidades de grãos possivelmente irá ingerir quantias menores de cálcio do que de fósforo. É importante escolher os alimentos certos, diminuir a ingesta de alimentos ricos em fósforo ou não utilizar esse tipo de alimento, substituindo os por alimentos que fornecem pouco fósforo e mais cálcio até alcançar a proporção desejada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível