A metodologia usada para pesquisa na área de turismo

Escrito por aden williamson | Traduzido por felipe antonio de souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A metodologia usada para pesquisa na área de turismo
Uma metodologia de pesquisa em turismo fornece as ferramentas necessárias para entender os vários aspectos do ramo (tourism image by Imagenatural from Fotolia.com)

Na área acadêmica, uma metodologia de pesquisa se refere ao conjunto de ferramentas de métodos, práticas, procedimentos e diretrizes que um pesquisador aplica para facilitar a coleta de dados sobre o assunto pesquisado. Nos estudos sobre turismo, há normalmente elementos que devem ser contabilizados pela metodologia para que a pesquisa seja levada a sério. Ao final, porém, todos os projetos de pesquisa em turismo têm os seus métodos próprios, como definido pela parte supervisora do trabalho. Este artigo apresenta os pontos mais básicos de cobertura de uma boa metodologia de pesquisa em turismo.

Outras pessoas estão lendo

Definição de trabalho

O primeiro elemento de uma metodologia de pesquisa em turismo é a definição do âmbito e do objetivo da pesquisa. Um projeto de pesquisa que não tem esses elementos estará fora de foco, descuidado e não será respeitado por outros estudiosos. O pesquisador deve justificar o trabalho como sendo original e importante para o contexto acadêmico. O trabalho deve apresentar uma revisão da literatura, que resume o material disponível sobre o assunto, demonstrando a necessidade do projeto de pesquisa em curso..

Coleta de dados: quantitativo

Toda a coleta de dados se divide em duas categorias: quantitativas e qualitativas. A coleta de dados quantitativa refere-se à prática de obter grande parte da informação em forma de estatística. A metodologia da pesquisa em turismo deve descrever as técnicas pelas quais serão coletados tais dados. Os métodos quantitativos comuns para a pesquisa em turismo incluem questionários e entrevistas para os participantes da pesquisa. Podem também ser utilizados métodos observacionais quantitativos, como estudar e registrar os impactos do turismo na biosfera local.

Coleta de dados: qualitativo

Os dados qualitativos são mais baseados em conteúdos do que os dados quantitativos. Eles não se prestam muito bem para relatório estatístico. Os dados qualitativos equilibram a natureza impessoal de fatos e estatísticas com informações pessoais fornecidas pelos indivíduos associados com o projeto de pesquisa. A metodologia deve descrever como é feita a coleta desses dados. Algo típico para pesquisa em turismo é a observação do participante, a coleta de histórias de vida e entrevistas abertas. A metodologia também deve indicar quais grupos devem ser abordados e por que eles são relevantes para o estudo.

Limitações e considerações éticas

A metodologia de pesquisa em turismo deve delinear as limitações da pesquisa, tais como limitações de tempo e as barreiras linguísticas. Ela também deve abordar as considerações éticas, tais como evitar certas abordagens que manipulam ou menosprezam os participantes do turismo, ou mesmo colocá-los em perigo.

Análise de Dados

Todos os dados sobre o turismo no mundo não adiantam para nada sem um método eficaz de análise. Eles podem ser avaliados ​​tanto subjetivamente como objetivamente. A análise subjetiva é normalmente aplicada aos dados quantitativos, como os impactos culturais de turistas para os prestadores de serviços ou percepções dos turistas sobre certas localizações. Uma análise objetiva analisa os dados através do método científico e à luz de outros estudos que são indicados pela metodologia. Ela é mais comum para dados quantitativos, especialmente no que se refere aos impactos econômicos e ecológicos do turismo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível