As pedras preciosas Urim e Tumim

Escrito por matt scheer | Traduzido por marla maisonnett
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Urim e Tumim são assuntos de debates entre acadêmicos religiosos. Elas são mencionadas no livro de Samuel, na Bíblia, como importante no processo de divinação, mas não está claro se elas são o próprio processo, se eram pedras utilizadas no processo de lançar a sorte, chamado de cleromancia, ou se eram pedras preciosas feitas especialmente para a comunicação com divindades. As diferentes versões da Bíblia também complicam essa questão. No entanto, na tradição dos Santos dos Últimos Dias, o Urim e Tumim foram invocadas por Joseph Smith como pedras para traduzir mensagens divinas.

Outras pessoas estão lendo

Referências bíblicas em hebraico

As referências ao Urim e Tumim são da Bíblia Hebraica, uma bíblia que foi escrita em Hebraico arcaico. Ela os menciona em vários contextos. Um deles, se refere à Arão, o irmão de Moisés e o primeiro sacerdote dos Israelitas. Ele os carregou no peitoral que era vestido durante cerimônias religiosas, e eram apenas para lançar julgamentos. No livro de Samuel, o sacerdote faz julgamentos para descobrir um pecador utilizando o Urim e Tumim. O livro de Êxodo sugere que eles sejam colocados no peitoral do sacerdote.

Utilização

Seu uso esteve envolvido em decisões que deveriam ser feitas pelo sacerdote dos Israelitas. O livro de Êxodo sugere que eram utilizados em questões simples de sim ou não; uma pedra indicava sim e a outra, não. Ambas eram colocadas em uma bolsa no peitoral vestido pelo sacerdote, e a resposta uma pergunta feita por ele à Deus era revelada, dependendo de qual pedra fosse tirada da bolsa.

Controvérsias

Há várias controvérsias sobre esse assunto. Os acadêmicos debatem se elas eram o processo de divinação ou os objetos utilizados durante o ritual. Como as palavras são utilizadas no plural em Hebraico, elas podem se referir à processos ao invés de um par de objetos específicos. Porém, no livro de Samuel, elas são utilizadas em conjunto com a frase "consulta à Deus", o que implica um objeto. Outra controvérsia no argumento de que eram objetos, era que de que tipo eram. A cleromancia, adivinhação por sorte, utiliza pedras ou ossos. Elas podem ter sido pedras planas para caber no peitoral do sacerdote.

Santos dos últimos dias

Joseph Smith, fundador do movimento Santos dos últimos dias, reintroduziu o Urim e Tumim. Ele alegou que o anjo Marconi lhes deu as pedras para utilizar na leitura das placas de ouro que guardavam as palavras de Deus. Elas pareciam diamantes de três pontas e eram fixadas à um peitoral.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível