Peróxido de hidrogênio para provocar vômito em cães

Escrito por adrienne farricelli Google | Traduzido por mara marcos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Peróxido de hidrogênio para provocar vômito em cães
A natureza inquisitiva de cães e filhotes faz com que eles sejam propensos a ingerir itens que não são próprios para o consumo (puppy image by Karol Grzegorek from Fotolia.com)

A natureza inquisitiva de cães, juntamente com sua tendência instintiva a varrer, muitas vezes podem levá-los a ingerir diversos itens que não são apropriados para o consumo e que podem ser extremamente prejudiciais. Felizmente, há uma maneira de induzir o vômito em cães usando peróxido de hidrogênio, mais conhecido como água oxigenada. Embora bastante eficaz, o uso de peróxido de hidrogênio deve ser feito com as devidas precauções e somente por recomendação do veterinário, pois pode haver casos em que a indução de vômitos é perigosa e altamente contraindicada.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

O único tipo de peróxido de hidrogênio usado para induzir o vômito em cães deve ser peróxido de dez volumes (ou 3%). Percentagens mais elevadas de peróxido de hidrogênio, tais como aqueles utilizados para descolorir o cabelo não devem ser usados de maneira alguma. Enquanto a embalagem pode indicar que o produto é tóxico para os animais de estimação, ele é seguro para ser dado aos cães sob a orientação de um médico veterinário e com a finalidade de induzir o vômito. A razão pela qual ele é considerado tóxico é simplesmente porque provoca vômito e não permanece no corpo do cão, explica o veterinário Dawn Ruben em um artigo para a Pet Place.

Peróxido de hidrogênio para provocar vômito em cães
Apenas peróxido de hidrogênio a 3% deve ser usado para induzir vômito em cães (brown bottle image by Jim Mills from Fotolia.com)

Período de tempo

Para ser eficaz, o peróxido de hidrogênio deve ser usado dentro de um determinado período de tempo. Se passar muito tempo desde o momento em que a substância foi ingerida, a indução de vômito pode ser ineficaz, pois a substância provavelmente já deixou o estômago. Idealmente, a administração de peróxido de hidrogênio é mais produtiva se dada dentro de duas a três horas após a ingestão, explica o veterinário Jill A. Richardson, juntamente com o técnico veterinário certificado Christine Allen, em um artigo para a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais.

Dosagem

Para provocar o vômito, é necessário determinar a dosagem correta. A dose recomendada de peróxido de hidrogênio é uma colher de chá para cada 10 quilos de peso corporal, de acordo com Dawn Ruben. Uma colher de chá equivale a 5 ml. Uma seringa para uso oral pode ser útil na administração do peróxido. Pode ser útil sair para passear com o cachorro ou agitar gentilmente a área da barriga do cão, a fim de permitir que o peróxido se misture com o conteúdo do estômago do cão.

Peróxido de hidrogênio para provocar vômito em cães
Uma seringa para uso oral pode ser útil para induzir vômito (Syringe image by CYBERWOLF from Fotolia.com)

Efeitos

Vômitos vão ocorrer geralmente dentro de um prazo de 15 a 20 minutos. Se o cachorro não vomitar dentro desse prazo, em seguida, pode ser dada uma segunda dose de peróxido. No entanto, se isso ainda não provocar vômito, então é uma boa ideia consultar um veterinário para decidir sobre o que deve ser feito em seguida. Ele ou ela pode neste momento recomendar levar o cachorro para o hospital para tomar eméticos mais fortes e eficazes.

Precauções

O peróxido de hidrogênio pode ser eficaz na indução de vômito, no entanto, existem algumas circunstâncias em que este método pode se revelar potencialmente prejudicial. Por exemplo, um cão que tenha ingerido um objeto pontiagudo não deve ser induzido a vomitar, pois pode perfurar o esôfago ou o estomago. Além disso, um cão que tenha ingerido um ácido ou produto à base de alcaloides, uma substância química de uso doméstico, um produto de limpeza, um produto à base de petróleo ou um produto que tenha rotulado o aviso: ''não induzir vômito',' não deve vomitar por causa do dano que estas substâncias podem causar ao serem trazidas de volta para cima. Inconsciência, convulsões e dificuldades respiratórias são outras circunstâncias nas quais a indução do vômito é contraindicada, de acordo com o Manual de Veterinária para Proprietários de Cães.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível