Plantas de casa que são venenosas para gatinhos

Escrito por jennifer gittins | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Plantas de casa que são venenosas para gatinhos
Um gato filhote e curioso pode se aproximar de plantas venenosas (scared kitten image by Irina Efremova from Fotolia.com)

Em outubro de 2010, havia pelo menos 400 plantas listadas como tóxicas para gatos no site da Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade aos Animais. É importante que os donos de animais pesquisem os efeitos das plantas e seus potenciais tóxicos antes de trazê-las para dentro de casa. Gatos novinhos são especialmente mais curiosos e podem entrar nos vasos ou comer plantas que podem ser perigosas para eles.

Outras pessoas estão lendo

Azaleias (rododendros)

Azaleias, também conhecidas como rododendros, podem produzir reações graves em gatos e filhotes. Essas plantas contêm uma toxina conhecida como graianotoxina, que atinge os músculos cardíacos, o sistema nervoso e músculos do esqueleto. Dentro de algumas horas, mesmo que o gato consuma apenas uma folha, os sintomas podem se desenvolver, incluindo vômitos, diarreias, fraqueza, coma e morte.

Babosa

A babosa é uma planta popular graças aos seus muitos benefícios, como acalmar queimaduras e constipações. Infelizmente, a parte tóxica da planta é conhecida como saponinas, que podem causar vômitos e diarreia em gatinhos.

Cíclame

A cíclame, assim como a babosa, contém saponinas. Saponinas são encontradas em várias plantas e são conhecidas pela sua habilidade de produzir uma "espuma única", parecida com sabão, de acordo com o Departamento de Estudos de Animais da Universidade Cornell. Em gatos, os sintomas podem incluir vômitos, diarreia, convulsões e, em alguns casos, morte.

Hera inglesa

A hera inglesa é uma escolha comum para casas por causa de suas lindas folhas verdes. Infelizmente, a hera inglesa também contém saponinas, e gatos que consomem as folhas também sofrem com diarreia, dores abdominais, vômitos e aumento da produção de saliva ou baba.

Palmeiras baixas

Palmeiras baixas são populares devido à sua aparência tropical. Em alguns países, elas são consideradas como ervas daninhas, mas nos Estados Unidos são geralmente usadas como plantas decorativas em muitas casas. As palmeiras baixas, quando ingeridas por um gatinho, podem resultar em pupilas dilatadas, vômitos (com ou sem a presença de sangue), depressão, aumento da produção de saliva e anorexia.

Costela-de-Adão

Essa planta é nativa do México e é popular por sua aparência tropical. As folhas grandes podem chamar a atenção de um gatinho e quando ingeridas, e podem causar efeitos como queimação ou irritação na boca, vômitos, dificuldade de engolir ou produção excessiva de baba.

Hortênsia

As hortênsias exibem bolas fofas de flores e são populares para decoração ou paisagismo. Gatos que comem essa planta têm sintomas de toxicidade devido aos glicósidos cianogênicos presentes na planta. Esses sintomas incluem vômitos, diarreia e depressão. Contudo, o envenenamento envolve comer uma grande quantidade da planta, e na maioria dos casos, os gatos apresentam apenas um incômodo gastrointestinal.

Lírios

Várias espécies diferentes de lírios são venenosas para gatos, incluindo lírio da paz, copo-de-leite, lírio-de-um-dia, Lilium longiflorum e Lilium bulbiferum. Contudo, diferentes espécies de lírios contêm diferentes toxinas, por isso os sintomas podem variar de uma espécie para outra. Alguns lírios podem causar uma irritação oral, enquanto outras resultam em falência renal, letargia, perda de apetite, vômitos, ou em casos mais graves, mortes.

Crisântemo

Crisântemos são plantas de casa comuns que produzem flores vívidas com pouco esforço. Infelizmente, elas contêm várias toxinas graves como lactonas, piretrinas e sesquiterpenos. Em um gatinho, essas toxinas podem produzir irritações na pele (dermatite), falta de coordenação, aumento da produção de saliva, diarreia e vômitos.

Peônia

Peônias podem crescer tanto dentro como fora de casa, tornando-as as favoritas de muitos jardineiros. Essa planta contém peonol, que pode causar depressão, diarreia e vômitos em um gato curioso que dê uma mordida na planta.

Flor-do-Natal

Há muitas controvérsias envolvendo a flor-do-Natal ou poinséttia. Alguns dizem que ela é perfeitamente segura para gatos consumirem com alguns efeitos colaterais mínimos, enquanto outros dizem que o menor pedaço ingerido pode causar a morte. De acordo com a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais, a poinséttia é "geralmente sobrevalorizada no quesito toxidade" e pode causar alguma irritação na boca ou estômago e vômitos ocasionais, mas não a morte.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível