Como prevenir irritação de pele ou infecção em um cão com incontinência

Escrito por mia carter | Traduzido por alice matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Incontinência canina pode ser uma doença crônica difícil para o proprietário do animal gerenciar. Cães incontinentes são particularmente propensos a infecções de pele, urinárias e renais, entre outras doenças. Felizmente, existem alguns truques e técnicas que um dono pode aprender para transformar um cachorro incontinente em um animal de estimação saudável e feliz.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Barbeador ou tesoura
  • Sabonete antibacteriano
  • Toalha limpa
  • Pomada para assadura
  • Pomada antibiótica
  • Talco para bebê
  • Lenços umedecidos sem perfume
  • Fraldas descartáveis ​​para cachorro

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Obtenha o diagnóstico de um veterinário. Isto permitirá que você tenha o melhor tratamento possível para seu bicho de estimação. Lembre-se, alguns casos de incontinência, como infecção de bexiga, são curáveis, e não há a necessidade de tratar o animal contra incontinência crônica. Dependendo do caso, o cão pode ter um problema de controle de bexiga, resultando em urinar involuntariamente. Em outros casos, principalmente aqueles que envolvem lesões nas costas, o animal terá problemas para começar a urinar. Seu veterinário o irá aconselhar quanto às habilidades e necessidades do seu cachorro.

  2. 2

    Saiba que, se um cão é incapaz de urinar sozinho, compressão manual da bexiga será necessária a cada quatro ou seis horas para evitar infecções urinárias e renais. Seu veterinário o ensinará a fazer o procedimento. É fácil de aprender, e a maioria dos bichos de estimação se acostumam com o processo em alguns dias.

  3. 3

    Desenvolva um cronograma para comprimir bexiga do cachorro a cada quatro ou seis horas. Para aqueles que trabalham, isso pode significar uma viagem para casa na hora do almoço, ou um passeador de cães terá que ser contratado para realizar a compressão. A compressão regular da bexiga irá evitar o acúmulo de bactérias nessa região. Quando ela não é esvaziada por um longo período de tempo, as bactérias crescem e o risco de infecção se torna significativamente mais elevado.

  4. 4

    Se incontinência do cão envolve a micção involuntária, uma fralda canina será necessária. As fraldas descartáveis ​​estão disponíveis, embora ao longo do tempo tendam a ser muito caras. Uma opção mais barata é a peça de vestuário de tecido de fralda, que é utilizada com um lenço higiênico que absorve a urina. Fraldas de tecido permitem aos donos de cães fazer alterações para ter um ajuste perfeito. E elas também permitem um maior controle em termos de ajustar o nível de absorção da fralda. Ao selecionar um lenço higiênico para uma fralda de tecido, selecione uma com um forro seco que manterá a umidade longe da pele do cão.

  5. 5

    Antes de colocar a fralda sobre o cão, use uma tesoura para cortar o pelo na parte baixa da barriga do animal, especialmente perto dos órgãos genitais. Também corte a área que se estende para o lado interno das pernas traseiras. Remover o pelo impedirá que a urina encharque a pele em vez da fralda. Quando a urina é absorvida pela pele, o contato prolongado causa infecção de pele, feridas e assaduras.

  6. 6

    Aplique um pouco de talco de bebê na pele do cachorro e coloque a fralda. Se qualquer vermelhidão ou irritação estiver aparente, aplique pomada para assaduras e não use talco. Isto promoverá a cura e protegerá a pele, servindo de barreira de hidratação enquanto a pele se cura.

  7. 7

    Quando trocar a fralda a cada quatro ou cinco horas (ou menos, se necessário), use lenços umedecidos sem cheiro para limpar completamente a área ao redor da genitália do cão.

  8. 8

    Para cachorros que devem usar fraldas constantemente, planeje limpeza duas vezes por dia para prevenir infecção e irritação da pele. Use um sabonete antibacteriano para lavar a genitália e as áreas ao redor. Seque gentilmente com uma toalha limpa.

  9. 9

    Se a irritação da pele ocorrer e não retroceder com as lavagens regulares e a aplicação de pomada, aplique uma camada fina de pomada antibiótica antes da pomada de assaduras. Isso ajudará a promover a cura. Se a área não parecer melhorar mesmo depois de tomar estas medidas, agende uma consulta com o veterinário, já que a prescrição de antibióticos pode ser necessária para ajudar a cura.

Dicas & Advertências

  • Mantenha um horário rigoroso de alimentação. Isto irá permitir antecipar as necessidades de banheiro do seu cão, resultando em trocas de fraldas imediatas e menor acúmulo de bactérias no caso de um cão que exige compressão da bexiga.
  • Procure sinais de infecção. A infecção de pele começará com vermelhidão e assaduras e evoluirá para feridas vermelhas, inflamadas e com pus. Sintomas de infecção de bexiga e rim incluem dores durante a micção, sangue na urina, febre e falta de apetite. O cão geralmente fica pálido também.
  • Ao primeiro sinal de infecção, marque uma visita ao veterinário. Infecções em um cão incontinente podem se tornar crônicas se ignoradas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível