Problemas com os freios do carro

Escrito por john stevens | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Problemas com os freios do carro
Descubra a origem do problema com o freio do seu carro (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Reparar o sistema de freio de um carro é muitas vezes considerado como um processo difícil. No entanto, o maior desafio na maioria das vezes está em diagnosticar o problema. Ele só pode ser remediado quando sua origem for identificada. A forma mais rápida de descobrir o motivo do problema de freio em um carro, ou pelo menos de eliminar alguns dos possíveis problemas, é determinar o que os freios fazem ou deixam de fazer quando o carro estiver funcionando.

Outras pessoas estão lendo

O pedal vai ao chão

O sistema de travagem de um veículo se baseia na pressão hidráulica. Quando o pedal do freio de um carro puder ser facilmente rebaixado para o chão, o problema provavelmente está relacionado com o sistema hidráulico. O problema mais comum é uma quantidade insuficiente de fluido de freio no reservatório. Se ele estiver cheio de fluido, então o problema provavelmente é que não existe ar nas linhas de freio. Também se pode perder pressão hidráulica se um ou mais cilindros de roda vazar, se as linhas de freio estiverem gastas ou soltas ou se o cilindro mestre vazar.

Freios guinchando

Os freios estarem guinchando é provavelmente o problema mais comum com os freios do carro. O som agudo é quase sempre gerado por um problema com uma sapata de freio ou um tambor danificado. As sapatas de freio usam várias fontes diferentes para mantê-los no lugar. Se a mola de retenção da sapata ou a mola de retorno estiver quebrada ou fraca, frequentemente resulta no barulho do freio. As sapatas de freio também podem produzir um som agudo se elas ficarem distorcidas, o que geralmente ocorre se a sapata de freio estiver sendo usada por muito tempo. Um tambor de freio com defeito também irá produzir um som agudo se tiver sido acumulada muita poeira ou se o tambor estiver "fora de forma" (não sendo mais fiel à sua forma circular original). Um som agudo que emana de veículos com freios de disco às vezes pode ser atribuído ao rotor. Se o veículo for operado com pastilhas de freio severamente desgastadas, o rotor pode ficar quente o suficiente para deformar, resultando no som agudo quando os freios são pressionados. Alguns veículos são equipados com pastilhas semi-metálicas. Embora este tipo de pastilha de freio seja o que geralmente dura mais, elas produzem naturalmente uma pequena quantidade de grunhidos, especialmente se os freios estiverem frios, como nas primeiras horas da manhã. Alguns dos motivos menos comuns para o freio estar fazendo barulhos incluem o revestimento do freio estar vidrado ou saturado ou este revestimento ser o incorreto para o carro específico.

Freios arrastando

É dito que os freios "arrastam" quando eles engatam parcialmente sem o pedal do freio estar pressionado. Isso não quer dizer que os freios do carro tenham paralisado, mas que apenas estão causando uma ligeira resistência, que quase sempre pode ser notada pelo motorista. O motivo pode quase sempre ser atribuído a um problema de ajuste ou a algo tão simples como esquecer de soltar o freio de mão ou um cabo deste estiver precisando de ajuste. Outras causas incluem uma mola de retorno fraca ou quebrada, fluido do freio que tenha sido contaminado com água ou um defeito na válvula de proporção.

Freios rangendo

Os freios que rangem referem-se a uma condição que, quando o pedal de freio é pressionado, faz com que o carro pulse. O problema fica visivelmente pior quanto mais o freio for pressionado. Este problema é geralmente causado por uma bateria fora de série ou sapatas de freio distorcidas. Uma placa de suporte solta ou dobrada também pode causar o problema, assim como o revestimento do freio pode estar contaminado. Deve notar-se, contudo, que a vibração dos freios pode também ser resultado de rodas que não tenham sido equilibradas recentemente.

Freios enfraquecidos

O freio enfraquecido é uma condição usada para descrever os freios que perdem eficácia parcial em altas velocidades. Não significa que os freios não funcionam, mas apenas que não são tão eficazes a altas velocidades como são a baixas velocidades. Este problema é geralmente causado por tambores de freio superaquecidos ou por utilizar um tipo incorreto de fluido de freio, o que significa que o fluido tem um baixo ponto de ebulição.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível