Como fazer projeto com transistores de efeito de campo

Escrito por david gitonga | Traduzido por max jahnke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer projeto com transistores de efeito de campo
Os projetos de circuitos com FET requerem um dimensionamento da fonte e da carga para reduzir a instabilidade do circuito (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Transistores de efeito de campo (FET) são similares aos transistores de junção bipolar, com apenas algumas pequenas diferenças. Sendo assim, eles podem ser usados ​​quase indistintamente em qualquer modelo de transistor. Os FETs são, no entanto, preferidos em aplicações de alta corrente, porque eles conduzem mais facilmente. Eles também podem ser acionados por correntes muito pequenas. Projetar circuitos com FETs basicamente inclui garantir que as condições sejam satisfeitas, caso o circuito deva operar de acordo com as especificações.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Determine o nível permitido de instabilidade do circuito. Como todos os circuitos possuem alguma forma de instabilidade, diminuir o fator de estabilidade para uma extensão plausível deve ser feito através da seleção cuidadosa das admitâncias de fonte e de carga. Isso geralmente é conseguido através do uso de mecanismos de realimentação empregados no projeto do transistor.

  2. 2

    Determine se uma realimentação deve ser empregada para alcançar a estabilidade. Ela só deve ser aplicada se houver necessidade de alcançar a estabilidade em amplificadores sintonizados de alta frequência, quando há necessidade de isolamento da entrada-saída ou com o propósito de alterar o ganho e as admitâncias dos terminais do transistor em um circuito.

  3. 3

    Calcule as impedâncias de carga e fonte. Ambas determinarão a estabilidade do circuito até um certo nível e, portanto, são considerações importantes para tentar estabilizá-lo.

  4. 4

    Use um projeto de rede apropriado, levando em consideração as admitâncias de fonte e carga que você calculou. Por exemplo, a concepção do amplificador de duas portas é utilizada para os circuitos de alta frequência.

Dicas & Advertências

  • A admitância de um circuito é a capacidade dele para conduzir uma corrente elétrica e é o oposto da resistência ou a impedância do circuito. Ela é determinada usando a seguinte fórmula:
  • Admitância = 1 / Impedância
  • Ao projetar um circuito, tenha sempre em mente que as limitações práticas não podem permitir a replicação exata das características do circuito no laboratório e em um cenário da vida real. Por causa disso, escolha as admitâncias de carga e de fonte que proporcionam o máximo de ganho ou que preencham determinados requisitos de circuitos, em vez de escolhê-los de modo a coincidir exatamente com o circuito no papel. Use programas de desenho auxiliados por computador para projetar circuitos FET e determinar a estabilidade do dispositivo. A maioria destes programas terá uma placa de ensaio teórico que você pode usar para fazer experiências com vários modelos e parâmetros. Se uma realimentação for utilizada, na maioria dos casos o desenho do circuito é modificado para acomodar os novos parâmetros do dispositivo que foram introduzidos no circuito.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível