Pulseiras da consciência e suas causas

Escrito por s.f. heron | Traduzido por daniel tamayo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Pulseiras da consciência e suas causas
Símbolo da causa da AIDS (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Você já deve ter visto em alguém aquelas pulseiras grossas de borracha, no mercado, no banco ou no trabalho. Elas são pulseiras da consciência e representam alguma coisa individual para o usuário, possuindo cores específicas para cada causa. Hoje em dia há muitos tipos de pulseira, algumas usadas simplesmente como meras pulseiras decorativas, fazendo o símbolo da causa inicial se perder na multidão. As causas variam de doenças, como câncer de pulmão ou de mama, até consciência ambiental, como salvar o planeta.

Outras pessoas estão lendo

História

A Fundação Lance Armstrong, dos E.U.A., criou as pulseiras originais para encorajar a consciência e educação sobre os afetados pelo câncer após o tratamento. Essas pulseiras amarelas eram vendidas para arrecadar fundos para a organização, que era focada em ajudar pacientes com câncer. Ela estima que 32 milhões de pessoas usaram a pulseira amarela em 2005. Essas primeiras pulseiras, que eram amarelas devido ao uniforme de ciclista de Armstrong, que acabaram servindo como veículos que promovem o conhecimento e educação sobre várias causas ao redor do mundo.

Arrecadando fundos

Muitas empresas produzem as pulseiras para vender e gerar dinheiro para várias causas. O que muitos indivíduos não entendem é que pulseiras vendidas por comerciantes individuais geralmente não retornam como dinheiro para a organização de caridade original. Muitas organizações de caridades retêm o primeiro US$ 1,00 (cerca de R$ 2,00), mas os vendedores ficam com o lucro restante. A melhor opção é comprar a pulseira diretamente dessas organizações, para garantir que os fundos serão aplicados completamente em pesquisas.

Tipos

Há uma lista infinita de causas contempladas com essas pulseiras (veja o link em Recursos). Realmente, muitas causas individuais escolhem essas pulseiras e usam as mesmas cores. As pulseiras rosas são para o câncer de mama. As do câncer de pulmão geralmente são brancas, apesar de ao serem usadas junto com pulseiras peroladas significarem outra coisa. O roxo claro representa "câncer em geral". O vermelho representa a AIDS.

Considerações

Muitos indivíduos acham que essas pulseiras perderam sua eficácia, simplesmente porque há muitas causas. Algumas cores têm tantas causas que é difícil decidir se vale a pena usar uma, e até mesmo livros foram escritos sobre essas pulseiras. Sarah Moore, autora de "Ribbon Culture", teoriza que essas pulseiras já foram tão comercializadas que muitos indivíduos se sentem proativos só por usarem uma, sem fazerem nada além disso.

Variações

Dada a prevalência das pulseiras e o fato de muitas doenças e causas usarem as mesmas cores, há uma tendência de acrescentar algo nas pulseiras para diferenciá-las. Algumas fundações escolhem colocar palavras na borracha da pulseira, fazendo uma frase ou promovendo a organização. Desde que a Lance Armstrong começou com essa loucura em 2005, as pulseiras da consciência deslancharam. Se você segue uma causa, você usa uma dessas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível