Quais são as consequências dos inalantes?

Escrito por calia roberts | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as consequências dos inalantes?
Algumas pessoas usam produtos de limpeza como inalantes (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os inalantes são um grupo de substâncias tóxicas que contêm vapores químicos que, quando inalados, produzem efeitos de leve alteração. Em sua maioria, os inalantes são produtos domésticos e de trabalho, como produtos de limpeza, tintas em spray e colas, itens que não são feitos especificamente para induzir a intoxicação. Como as outras formas de abuso de substâncias, o uso do sinalantes resulta frequentemente em muitas consequências sérias.

Outras pessoas estão lendo

Intoxicação

Muito semelhante ao abuso de álcool, o uso exagerado de inalantes frequentemente resulta na intoxicação, podendo causar falta de coordenação, tontura, dificuldades de fala e euforia. Muitos usuários desse tipo de substância apresentam consequências temporárias, como dor de cabeça prolongada, confusão, perda de controle, alucinações, vertigens, náuseas e vômito.

Danos à mielina

A mielina é o tecido gorduroso que envolve e protege algumas fibras nervosas no corpo e as ajuda com a transmissão rápida e eficaz das mensagens. O uso prolongado de inalantes pode levar a danos e ruptura da mielina, podendo resultar em tremores e espasmos musculares, assim como dificuldade permanente em atividades diárias, como caminhar, falar e curvar-se.

Hipóxia

O abuso dos inalantes priva o corpo do oxigênio, impedindo-o de chegar ao pulmão. Isso pode causar a hipoxia, uma condição extremamente danosa às células do corpo, principalmente as cerebrais. A gravidade da condição depende de que área do cérebro é mais danificada. Por exemplo, se a hipoxia danificar o hipocampo, a área que controla a memória, a pessoa pode perder a capacidade de acompanhar conversas simples ou de aprender novas coisas. Esse dano celular também pode causar mudanças de personalidade, deficiências de aprendizado e problemas de memória.

Danos em órgãos

A exposição repetitiva às substâncias químicas tóxicas presentes nos inalantes pode danificar os pulmões, o fígado e o coração. Esses produtos também podem danificar os rins, resultando em cálculos renais. Em alguns casos, esse dano pode ser parcialmente reversível se o uso de inalantes for interrompido. Contudo, na maioria dos casos o dano é irreversível.

Morte

O abuso de inalantes também pode resultar na morte. A morte súbita por inalação é uma síndroma na qual a pessoa morre após o uso de inalantes devido à alteração repentina e inesperada da frequência cardíaca. Outras mortes causadas pelo abuso de inalantes incluem sufocamento, asfixia, coma ou convulsões, resultando na morte e em lesões fatais devido à intoxicação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível