Quais são os perigos do fogão a gás?

Escrito por lee morgan | Traduzido por alexandre girardi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os perigos do fogão a gás?
Fogões a gás podem ser perigosos se não forem tomadas precauções para evitar acidentes. (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fogões a gás têm sua parcela de vantagens quando se trata de equipamentos de cozinha. O controle da chama e o nível de calor em uma escala de gás fazem com que esse tipo de unidade seja a favorita em cozinhas de restaurantes e casas. Entretanto, as notícias sobre o fogão a gás não são todas boas. As vantagens de cozinhar com esses fogões acompanham alguns problemas de segurança que qualquer um que considera comprá-los deve saber.

Outras pessoas estão lendo

Monóxido de carbono

Um dos gases mais mortais aos quais humanos podem estar expostos é o monóxido de carbono. Infelizmente, há um risco de exposição a qualquer hora que você use um fogão a gás. Esse é um gás incolor, inodoro, insípido e que está presente sempre que os combustíveis são queimados. Gás natural e propano não são exceção. O problema com esse tipo de gás é que você naturalmente não pode saber que está respirando até que seja tarde demais. Quando o monóxido de carbono entra nos pulmões, o gás substitui o oxigênio necessário para os pulmões funcionarem corretamente. Os resultados podem variar de náuseas ou dor de cabeça a danos cerebrais e morte, segundo o site de Extensão da Universidade Estadual de Iowa. Por esse motivo, no Brasil, ao gás de cozinha é aditado um componente que atribui odor específico e reconhecível, alertando as pessoas na casa sobre qualquer vazamento.

Casas bem vedadas e mal ventiladas podem resultar em acúmulo de monóxido de carbono quando houver um aparelho a gás na casa. Quem possui esse tipo de fogão ou outros aparelhos a gás deve instalar detectores de monóxido de carbono. Eles funcionam de forma semelhante aos detectores de fumaça, mas um alarme soará quando o monóxido de carbono alcançar um nível perigoso dentro de casa.

Fogo

Segundo o site Fire Extinguisher 101, cozinhar é a principal causa de incêndios domésticos e 85% das mortes por incêndios acontecem em casa. Essas estatísticas sugerem que há um perigo considerável vindo da cozinha durante a preparação de uma refeição.

Uma vez que um fogão a gás usa chamas em suas bocas, há uma probabilidade maior de que toalhas, aventais, luvas ou utensílios de plástico possam pegar fogo acidentalmente durante o cozimento. Além disso, o próprio calor, independentemente do tipo de fogões utilizado, é uma parte perigosa do processo de cozimento. Os alimentos podem pegar fogo e a gordura pode se inflamar.

Tip Over

Aproximadamente de 15 a 20 milhões de lares nos Estados Unidos contêm um fogão, de acordo com o site da Defesa do Consumidor estadunidense. Apesar disso não ser um problema específico para fogões a gás, o tip-over é um perigo comumente esquecido em todos os equipamentos. Desde os anos 1980, os fabricantes vêm construindo fogões de metais mais leves para reduzir os custos de produção. Até 1990, também não eram obrigados a incluir o anti-tip que evita que a unidade tombe quando um peso for aplicado à extremidade frontal ou à porta.

Segundo o site da Defesa do Consumidor, houve mais de 100 casos de mortes e ferimentos por queimaduras ou pelo fogão cair sobre a pessoa, prendendo-a por baixo . As crianças e os idosos são os grupos de maior risco para esse tipo de perigo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível