Quais os perigos da Nova Era para as igrejas cristãs?

Escrito por steven miller | Traduzido por letícia oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais os perigos da Nova Era para as igrejas cristãs?
Alguns cristãos se envolvem em práticas da Nova Era sem perceber que estão violando os mandamentos de Deus (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

O movimento Nova Era é um sistema de crenças espirituais livres, o que significa que os adeptos do movimento fazem uso de quaisquer práticas espirituais ou religiões que julguem relevantes. Há um alto número de redes de seguidores e praticantes da Nova Era. Práticas como a astrologia, leitura de tarô e comunicação com espíritos são comuns para os que creem no movimento. Um dos aspectos mais controversos da Nova Era é a crença de que os homens podem tornar-se deuses quando estiverem aptos a atingir um grau elevado de consciência. A doutrina se infiltrou na camada da sociedade que consome as novidades do momento, chegando até a afetar membros das igrejas cristãs, onde apresenta alguns perigos para o Cristianismo.

Outras pessoas estão lendo

Muitas religiões

Crenças religiosas antigas da Babilônia, Egito e Grécia constituem a base dos ensinamentos da Nova Era. Misticismo oriental, Filosofia moderna, Psicologia e teorias científicas são parte da doutrina. Outras crenças também têm o seu papel na Nova Era, como o Hinduísmo, Islamismo, Budismo e até Cristianismo. Dar independência espiritual ao indivíduo é o objetivo principal pelo qual os praticantes da Nova Era usam tantos direcionamentos de outras religiões. Cristãos influenciados pela Nova Era muitas vezes acreditam que não é errado aceitar partes diferentes de outras religiões. Segundo a Bíblia, Deus proíbe esta prática e a chama de idolatria (leia Êxodo 20:1-10). Basicamente, qualquer cristão que se aventurar em outras religiões está praticando idolatria.

Negando a Deus

Quando um seguidor da Nova Era se refere a Cristo, normalmente não se refere a Jesus Cristo como o Filho de Deus. Ao invés disso, eles costumam considerá-lo uma entidade espiritual mística ou um Avatar (uma manifestação espiritual em forma de ideia ou ser). Os adeptos da Nova Era acreditam que o Profeta Maomé, Confúcio, Buda e Cristo eram todos a mesma entidade espiritual que reapareceu no decorrer do tempo com o objetivo de iniciar versões diferentes da mesma verdade. Esta crença é considerada uma heresia para as igrejas cristãs, pois Jesus Cristo disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). No Cristianismo, Jesus Cristo é o único que pode salvar uma pessoa de seus pecados. Jesus resume essa verdade em João 3:16, quando diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

O homem como Deus

Os membros da Nova Era promovem a ideia de que podem se tornar Deus quando sua consciência tiver evoluído para um estado elevado. Eles creem que "deus" nada mais é do que uma energia espiritual que evoluiu até o máximo que um ser pode alcançar e chamam esta energia de "a Única", "a Força", "a Mente Universal" e a "Presença Universal". Esta doutrina pode destruir completamente um determinado corpo da igreja, pois coloca o homem no centro da adoração, e não Deus. Eclesiastes 12:13 diz que louvar a Deus é o dever de todo homem, e Deus também diz aos cristãos em Isaías 42:8 que não dará a sua glória a outrem. Jeremias 17:5 nos diz que qualquer homem que puser sua confiança em outro homem ou em si mesmo será amaldiçoado. Qualquer cristão que concordar com os ensinamentos da Nova Era não está louvando a Deus da forma cristã autêntica.

Ocultismo

Comunicar-se com médiuns e espíritos é uma prática proibida no Cristianismo. Deus não permite a obtenção de conhecimento do reino espiritual fora da Bíblia ou seres espirituais que não sejam Ele mesmo (Deus é feito de Espírito). Astrologia, videntes, tábuas Ouija e leitura de mãos são práticas ligadas à feitiçaria, e são proibidas de acordo com Deus (veja Levítico 19:31). Gálatas 5:19-21 diz que as pessoas (inclusive cristãos) que praticam a idolatria e a feitiçaria não herdarão o Reino dos Céus. Deus também quer ser seguido pela fé, e não pela visão. Como a fé é o fundamento das religiões cristãs, Deus quer que as pessoas entreguem a Ele o seu futuro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível