Como reconhecer e tratar diarreia em bezerros

Escrito por ehow contributor | Traduzido por lucas schiavo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como reconhecer e tratar diarreia em bezerros
Monitore os bezerros em busca de sinais de diarreia (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os bezerros têm propensão a ter diarreia no começo de suas vidas. Elas são sinais de que há uma condição subjacente ou infecção, a qual deve ser tratada no começo para evitar problemas sérios e até mesmo a morte.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tubo estomacal ou alimentador esofágico
  • Eletrólitos
  • Probiótico bovino

Lista completaMinimizar

Instruções

    Reconhecendo a diarreia

  1. 1

    Monitore os seus bezerros em busca de sinais de diarreia. Analise a parte traseira do animal à procura de umidade ou estrume líquido.

  2. 2

    Monitore o comportamento do bezerro. O animal se mostra depressivo, com fraqueza ou letargia? Isso também pode ser um sinal de diarreia.

  3. 3

    Procure por sinais de desidratação. O bezerro tem gengivas secas, elasticidade da pele reduzida ou olhos fundos? Todos essas características indicam desidratação, a qual geralmente ocorre quando há diarreia. Se o seu bezerro mostra qualquer sintoma esboçado nos passos acima, você precisa entrar em ação para evitar que a condição dele piore.

    Tratamento

  1. 1

    Separe o bezerro doente (e sua mãe, se possível) do resto do rebanho. Isso irá evitar mais contaminações e doenças. É difícil saber de cara quando um episódio de diarreia é contagioso, mas é melhor prevenir do que remediar.

  2. 2

    Corte a concentração de leite pela metade e adicione eletrólitos à mamadeira, se o bezerro ainda for alimentado por ela. Por exemplo, se você está misturando quatro colheres de substituto de leite em 900 ml de água, troque para duas colheres, 900 ml de água e um pacote de eletrólitos (ou a quantidade especificada na embalagem). Alguns bezerros têm diarreia devido à alta concentração de substituto de leite.

  3. 3

    Dê fluídos e eletrólitos a cada 6 a 8 horas, até que o bezerro esteja comendo e bebendo normalmente e pareça alerta novamente. Use um tubo estomacal ou alimentador esofágico - ou, no caso de um bezerro amamentando, dê direto da mamadeira, a menos que ele esteja muito fraco para mamar. Entre em contato com o seu veterinário se você não estiver familiar com alguma dessas ferramentas.

  4. 4

    Dê uma dose de probiótico ao bezerro duas vezes por dia até que o seu estrume tenha voltado ao normal. Um probiótico é importante pois fornece bactérias boas, as quais são evacuadas das entranhas quando ocorre a diarreia.

  5. 5

    Entre em contate com o seu veterinário se o bezerro não melhorar significantemente dentro de 24 horas. Isso indica que a diarreia não é por motivos de dieta e pode ser causada por bactérias, vírus ou protozoários e, nesse caso, haverá necessidade de um tratamento maior. Os antibióticos específicos que serão eficazes no seu bezerro dependem de a quais organismos o seu rebanho é suscetível. Converse com o seu veterinário para determinar qual antibiótico dar.

Dicas & Advertências

  • Verifique os bezerros recém nascidos, principalmente os órfãos, várias vezes ao dia pelas primeiras semanas de suas vidas. Sinais de doenças podem aparecer e resultar em morte em 24 horas, se não forem tratadas.
  • Siga esses quatro passos para evitar que a diarreia se desenvolvam:
  • - Forneça um espaço limpo e abrigo de chuva e frio
  • - Forneça água limpa para beber a todo momento
  • - Vacine os seus bezerros bem cedo - consulte o veterinário para descobrir quais vacinas dar.
  • - Monitore os bezerros recém nascidos à procura de sinais de doenças.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível