Redirecionar e Reescrever no NginX

Escrito por allen bethea Google | Traduzido por joao marcos padua filho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Redirecionar e Reescrever no NginX
Os servidores Web combinam o endereço que você requisitou com o arquivo no servidor (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Você pode achar que o link da página que você clicou te levará diretamente para a página que você deseja, mas não é necessariamente assim. Os servidores Web podem ser configurados para mudar endereços, trocar páginas ou até lhe enviar para uma página que você não está interessado. O servidor Web NginX suporta métodos de redirecionamento e reescrita para alteração do relacionamento entre uma página e o arquivo real enviado para a pagina requisitada.

Outras pessoas estão lendo

Redirecionamento

De vez em quando os responsáveis por um site precisarão deletar e renomear alguns arquivos. Seria muito difícil para fazer com que todos os site que têm links para eles saibam sobre as mudanças. Felizmente, o NginX pode ser programado para redirecionar ou calcular uma nova rota para o pedido de uma página, levando um link quebrado para um que funcione. Um redirecionamento pelo NginX também pode lhe levar da página que você queira acessar para uma que o dono do site queira que você acesse.

Exemplos de redirecionamento

O "Error 404: NOT FOUND!" é um exemplo de redirecionamento. Caso a página que você deseja acessar não esteja mais disponível, o NginX automaticamente acusará um erro 404. Você pode também adicionar a linha "error_page 404 /404.html;" ao bloco do arquivo de configuração do seu servidor NginX para redirecionar seus usuários a uma página mais informativa e personalizada que você tenha criado. Um outro exemplo em que ocorre redirecionamento é quando um usuário requisita uma página com o prefixo "www.". Ao invés de tratar o pedido como um endereço para um arquivo no sub-domínio chamado "www", o NginX pode redirecionar diretamente ao servidor URL responsável.

Reescrita

Como um redirecionamento de URL, uma reescrita NginX substitui um URL por outro. Ao contrário dos redirecionamentos, os usuários não são levados para uma nova página. Ao invés de uma nova página é passado um novo endereço URL que pode ser mais descritivo ou refletivo que a localização física atual do arquivo requisitado. Essa substituição é feita por um módulo do NginX chamado HttpRewriteModule. As instruções de reescrita para o NginX são enviadas para um bloco do servidor no seu arquivo de configuração. As substituições são feitas através do uso de expressões comuns encontradas em partes do texto do endereço URL.

Exemplo de Reescrita

Alguns programas para blogs usam um esquema de números para dar nome às postagens no blog. Por exemplo, um blog sobre animais de estimação pode conter a URL “http:/yourpets.com/?page=2254”. Você não é capaz de inferir nada sobre o endereço URL. Alguns sistemas de blogs ou gerenciamento de conteúdos podem ser configurados para reescrever um URL com base no título do artigo ou sua data de publicação. Por exemplo, se o artigo tem o título "Greet your new puppy", o endereço URL poderia ser "http://yourpets.com/greet_your_new_puppy". Esse endereço URL descritivo é então colocado junto do endereço URL atual e armazenado em um banco de dados.

A capacidade de reescrita do NginX pode também realizar redirecionamentos de URL. Se uma página foi movida para um diretório diferente ou se você deseja saber a localização exata para permanecer desconhecido, você pode direcionar o NginX para analisar o endereço URL e fazer as substituições necessárias para encontrar o arquivo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível