Riscos de tomar medicamento para tireoide

Escrito por don amerman Google | Traduzido por marcelo salzedas ricci
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Riscos de tomar medicamento para tireoide
Fique alerta aos sintomas (Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images)

Milhões de americanos sofrem de algum tipo de alteração na tireoide. Os distúrbios mais comuns são o hipertireoidismo e o hipotireoidismo, o primeiro é caracterizado por uma glândula que é hiperativa, e o segundo por uma glândula hipoativa. Estas alterações e a maioria das outras podem ser controladas com medicamentos, mas como em todos os remédios, estes também podem apresentar efeitos colaterais indesejáveis ​​que às vezes podem ser prejudiciais para a saúde.

Outras pessoas estão lendo

Função da glandula tireoide

Localizada no pescoço e logo acima da clavícula, a glândula tireoide é um órgão em forma de uma borboleta que produz hormônios que são essenciais na regulação do metabolismo. A glândula tireoide faz parte do sistema endócrino e trabalha juntamente com outras glândulas endócrinas, como a pituitária, que desempenha um grande papel no controle da tireoide. A glândula tireoide produz dois hormônios: tri-iodotironina e a tiroxina, conhecidas como T3 e T4.

Medicamentos para o hipertireoidismo

Quando a glândula tireóide produz níveis elevados de T3 e T4, você pode apresentar os seguintes sintomas: perda de peso, taquicardia, fadiga, problemas de visão, ansiedade, diarreia, tremores das mãos, fraqueza muscular, irritabilidade, problemas na visão e extrema sensibilidade ao calor. Os medicamentos mais comuns para tratamento de hipertireoidismo são propiltiouracil (PTU), metimazol, beta-bloqueadores e iodo, de acordo com o site MyThyroid.com.

Possíveis efeitos colaterias

O PTU e o metimazol causam efeitos mínimos na maioria dos pacientes que em casos raros podem reduzir a contagem de células brancas do sangue ou podem causar danos ao fígado. O uso de beta-bloqueadores causam dificuldades para os pacientes que sofrem de cardiopatia, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e insuficiência cardíaca congestiva. Poucos são os riscos de saúde associados ao uso de iodo.

Riscos de tomar medicamento para tireoide
Muita atenção com a dose a ser tomada de seus medicamentos

Medicamentos para o hipotireoidismo

Quando a glândula tireoide produz níveis insuficientes de hormônios, os sintomas são: ganho de peso, fadiga, depressão, pele seca, dores musculares, retenção de líquidos e dificuldade de concentração. Os sintomas são tratados com medicações conhecidos como L-tiroxina ou levotiroxina.

Não exagere

O principal risco associado com os medicamentos para o tratamento da tireoide é a sua estimulação excessiva. Por esta razão, seu médico sempre deve acompanhar seus níveis de hormônio, reduzindo a dosagem quando necessário. Faça sua parte, alertando seu médico de quaisquer efeitos secundários indesejáveis ​​que você pode experimentar. Geralmente um ajuste no nível da medicação resolverá seu problema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível