Romeu e Julieta: tipos de dicção — Ato 3, Cena 1

Escrito por jeffrey norman | Traduzido por quezia souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Romeu e Julieta: tipos de dicção — Ato 3, Cena 1
Uma dicção mortificante enfatiza a perda de vários personagens importantes no Ato 3, Cena 1 (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

"Romeu e Julieta", de William Shakespeare, é uma peça com boas doses de ação e emoção na primeira cena de seu terceiro ato. Romeu, recém casado com Julieta, juntamente com seus amigos Mercúcio e Benvólio, encontra o furioso Tebaldo. Como resultado do encontro, uma luta começa, ainda que contra a vontade de Romeu. Tebaldo e Mercúcio acabam ambos mortos e Romeu, banido. Os leitores que estudarem essa cena irão encontrar uma grande variedade em dicção, incluindo uma linguagem perspicaz e um discurso muito emocionado.

Outras pessoas estão lendo

Dicção Violenta

Palavras que demonstrem o anseio pela briga aparecem frequentemente nesta cena. Benvólio inicia a ação dramática declarando que o dia está "quente". Ele está se referindo a alta temperatura de Verona, mas os leitores podem também detectar a indicação de Shakespeare da intensidade e paixão que está por vir. Um dos discursos de Mercúcio contém sete referências a "brigas" e "rixas". Ele também demanda que Tebaldo iguale suas "palavras" com "uma estocada", ou uma luta com espadas.

Astúcia

Shakespeare reserva a maior parte desta cena a uma dicção vívida, ou uma interpretação afiada e sagaz para Mercúcio. Ele equipara a fala de Benvólio "Por minha cabeça, ai vem vindo um Capuleto". com "Por meu pé (no original, calcanhar), a mim isso pouco importa". Isto sugere que qualquer adversário irá se encontrar abaixo de seu pé caso uma briga ocorra. Mesmo em sua partida, Mercúcio exibe uma inteligência cativante. "Perguntai por mim amanhã, que haveis de encontrar-me bem quieto", ele diz enquanto morre. No texto original "Ask for me tomorrow, and you shall find me a grave man", o autor faz uso da paranomásia com "grave", indicando tanto sua iminente morte como o seu humor melancólico. Tenha em mente que ainda que o texto tenha sido adaptado, é importante manter as conotações originais.

O macabro

Com um número de personagens encontrando seu final, Ato 3, Cena 1 mostra várias instâncias e escolhas de palavras macabras ou perturbadoras. No início da cena, Benvólio prediz o mortal encontro com a declaração: "O sangue ferve nestes dias quentes". As palavras "sangue," "sangrar," "matar" e "morte" aparecem 15 vezes durante a cena. Antes do príncipe chegar, o "Primeiro Cidadão" intima a Tebaldo "vinde comigo", ordenando-o a fazer "em nome do príncipe". Este momento dá arrepios considerando que Tebaldo acabou de ser morto momentos antes desta ordem.

Melodrama

Shakespeare apimenta esta cena com instâncias de dicção melodramática, ou escolhas de linguagem que exageram a sensação de emoção. O entendimento da partida de Tebaldo pela Senhora Capuleto exemplifica isso. Seis de suas falas dramáticas começam com "Oh", sugerindo um estado emocional bastante alterado. A monarca intensifica seu pesar ao usar propositalmente descrições redundantes: "Meu primo" é seguido por "o filho do meu irmão" e três usos da palavra "primo". A única referência a Julieta por Romeu é adornada por palavras como "doce", "bela", "feminina" e "branda".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível