O que são sardinhas Brisling?

Escrito por diane owens | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que são sardinhas Brisling?
As sardinhas brisling são saborosas e nutritivas (Image by Flickr.com, courtesy of Procsilas Moscas)

As sardinhas Brisling (também conhecidas por bristling) são um pequeno peixe que habita o Atlântico Norte. De acordo com a Associação Internacional das Indústrias Pesqueiras de Conserva (International Fish Canners), pessoas que apreciam a gastronomia em todo o mundo consideram as brisling as sardinhas mais saborosas e de melhor qualidade. Oferecendo uma ampla variedade de benefícios para saúde, são uma fonte alimentar natural e de baixa caloria. Apesar de serem pequenas, sua abundância as torna valiosas para nós e para os animais marinhos.

Outras pessoas estão lendo

Origem

Sardinha é um termo geral que se aplica a qualquer peixe pequeno e rico em óleo dentro da família do arenque. O nome vem da Sardenha, uma ilha do Mediterrâneo que foi uma das primeiras regiões a empacotar esses peixes para consumo comercial. Diferente de outras sardinhas, as brislings são uma espécie específica de peixe, chamada de espadilha. Eles vivem apenas nas águas geladas do norte.

Características

As brislings têm um aroma suave e tamanho pequeno. Com cerca de 8 a 6 cm de comprimento, peixes adultos medem menos da metade de outros tipos de sardinhas. Peixes adultos menores são mais macios e delicados, de acordo com Keri Glassman, nutricionista e autor do livro A Dieta da Sardinha (The Sardine Diet). As brislings vivem em águas puras, tais como as dos fiordes noruegueses, onde a indústria da pesca é regulada de maneira restrita. O peixe é conhecido por sua pureza e reduzido risco de conter mercúrio.

Benefícios à saúde

Todas as sardinhas contêm ácidos graxos do tipo ômega-3, uma substância que seu corpo precisa mas só obtém através da alimentação. As sardinhas brislings possuem a mais alta concentração dessa substância. As oportunidades alimentares e o habitat gelado do Atlântico Norte produzem um peixe que fornece 2.8 g de ômega-3 a cada porção de 85 g. Essa porção também contém 11 g de proteína e é uma excelente fonte de cálcio. Com três vezes mais cálcio que uma xícara de leite, as sardinhas brisling também possuem o fósforo e a vitamina D, necessários para absorção da substância. Além disso, esses peixes contêm ferro, magnésio, potássio, zinco, cobre e todas as vitaminas do complexo B.

Produção

Companhias alimentícias como a Napoleon Co. mantêm as brislings no mar por pelo menos três dias antes de puxá-las a bordo. Esse método de produção elimina alimentos não digeridos no organismo do peixe e melhora a textura. O peixe é então lavado com salmoura e descalcificado, e separado pelo tamanho. As brislings são geralmente empacotadas à mão em latas de alumínio porque suas peles são finas e as máquinas poderiam rasgá-las ou quebrá-las.

Opções de produtos

As sardinhas brisling são tradicionalmente conservadas em azeite de oliva. Devido à demanda, também estão disponíveis em água mineral, alho, mostarda, soja, óleo e molhos de tomate. Podem ser não-defumadas, levemente defumadas ou defumadas com madeira de carvalho. Sirva-as diretamente da lata sobre torradas ou misturadas a saladas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível