Qual o significado de disco rígido EIDE?

Escrito por beth bartlett | Traduzido por edenilson meneghelli
Qual o significado de disco rígido EIDE?

Unidade IDE/ATA

Creative Commons: http://www.flickr.com/photos/mac_users_guide/3588755691/

Um "Integrated Drive Electronics" (EIDE) aprimorado é, no mundo moderno, mais propriamente chamado de unidade "AT Attachment" (ATA). O nome da unidade EIDE foi introduzido pela Western Digital, em 1994, em antecipação ao novo protocolo ATA-2. Várias outras empresas introduziram suas próprias versões da nova interface ATA com várias melhorias, mas a ideia da Western Digital foi a que pegou.

Outras pessoas estão lendo

O que significa IDE

Integrated Drive Electronics (IDE) é o termo que define EIDE, sendo a primeira versão criada pela Western Digital em 1986 e usado pela primeira vez em computadores Compaq. O termo IED significava que o controlador eletrônico foi integrado no próprio disco rígido. Isto significou que as unidades poderiam ser mais padronizadas e flexíveis. Antes, eles tinham que ser combinados com o controlador correspondente na placa mãe. Agora, a placa mãe pode usar um controlador universal chamado ATA, porque o cabo foi criado para se ligar ao PC/AT da placa mãe.

Limite de tamanho da unidade

As especificações originais ATA foram feitas para um modo de endereçamento de 28 bits, o que correspondeu a um limite máximo para o armazenamento do disco rígido de 137 gigabytes. As primeiras versões do sistema “Basic Input/Output” (BIOS) não foram capazes de suportar este tamanho, e impôs limitações menores na faixa de oito gigabytes, mas isso não era uma função da interface ATA.

Conexão ATA

Os termos EIDE e ATA são equivalentes em sua maior parte, mas ATA é a descrição real que se refere ao tipo de conexão e de controlador usado. EIDE refere-se à construção física da unidade. Estas foram usadas por tanto tempo que ambos os termos são usados para referir-se à mesma coisa.

ATA/ATAPI

Originalmente, todos os discos rígidos eram unidades ATA ou unidades Small Computer Systems Interface (SCSI), que é uma interface orientada por barramento mais cara. As unidades ópticas alteraram as necessidades da interface. Antes, nunca houve uma necessidade de comandos extras, como ejetar mídia. Esse é o ponto em que os protocolos de IDE/ATA precisavam ser atualizados para o EIDE e AT Attachment Packet Interface (ATAPI). A interface ATA/ATAPI é a interface mais comum hoje em dia.

Master e Slave

Configurar uma unidade EIDE requer pouca habilidade; há apenas algumas coisas a fazer. O controlador irá permitir dois dispositivos em um cabo. Os dispositivos têm de ser definidos como "Master" (mestre) ou "Slave" (escravo), designações que organizam as unidades conectadas em uma unidade C: e uma unidade D:, vistas pelo computador. Isto pode ser feito manualmente ou com a utilização do que é chamado "Cable Select", ou "CS" (seleção por cabo). Em cada unidade há um jumper que pode ser definido como Master, Slave ou CS. Se você definir manualmente as unidades de Master e Slave, poderá colocá-los em qualquer conexão no cabo flexível. Se você usar o CS, o cabo tem um espaço no pino 28 que a unidade verá para saber qual a sua posição.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media