Sinais e sintomas do transtorno bipolar em crianças de 4 anos de idade

Escrito por anna aronson | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sinais e sintomas do transtorno bipolar em crianças de 4 anos de idade
Os episódios maníacos de uma criança bipolar incluem comportamentos perigosos e irracionais (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)

O transtorno bipolar é uma doença mental que provoca fortes alterações de humor. As crianças e adultos que sofrem com essa doença, que também é chamada de psicose maníaco-depressiva, podem experimentar períodos em que elas estão muito felizes e ativas e logo depois ficarem tristes e deprimidas. De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos, a maioria dos casos de transtorno bipolar se desenvolvem durante a adolescência ou no início da idade adulta. Quando as crianças de 4 anos ou de outras idades desenvolvem a doença, chama-se transtorno bipolar de início precoce. Os seus sintomas podem ser diferentes nas crianças quando comparados com os adolescentes e adultos e, muitas vezes, podem ser confundidos com os sintomas de doenças como o déficit de atenção e a hiperatividade.

Outras pessoas estão lendo

Episódios maníacos

Quando uma criança de 4 anos de idade com transtorno bipolar está passando por um episódio maníaco, ou um período durante o qual ela está feliz e alegre, ela pode agir insensatamente ou de uma forma não compatível com seu comportamento normal; falar rapidamente sobre vários assuntos; ter problemas para dormir, mas mesmo assim não mostrar quaisquer sinais de estar cansada; exibir um comportamento arriscado; ter dificuldade em se concentrar ou continuar fazendo uma tarefa e ter o pavio curto. Alguns exemplos desse tipo de comportamento incluem rir descontroladamente, mesmo em situações impróprias, e envolver-se em situações perigosas, como pular de um telhado, pois ela acha que não pode se machucar. Esses períodos de mania podem durar vários dias ou mesmo semanas, e os comportamentos incomuns que caracterizam os episódios são evidentes durante todo o período.

Episódios depressivos

Depois de um episódio maníaco, uma criança bipolar geralmente passa por um episódio depressivo em que seu comportamento é diferente. Ele pode seguir imediatamente um período maníaco ou o comportamento pode estabilizar durante um período de dias ou semanas. Alguns sinais de um episódio depressivo incluem aparência triste; crises de choro; falta de interesse nas atividades normais, como brincar; queixas de dores de cabeça ou outras dores; mudanças no padrão de alimentação, ou seja, comer mais ou menos que o normal; agitação ou irritação facilmente desencadeada e mudanças nos padrões de sono. Semelhantes aos episódios maníacos, os depressivos podem durar semanas, com os sintomas estando evidentes durante todo o tempo.

Períodos estáveis

As crianças bipolares também podem passar por períodos estáveis ​​entre os episódios maníacos e depressivos. Durante essa fase, seus comportamentos normalizarão e elas não sentirão os sintomas da mania ou da depressão. Em muitos casos, as crianças em um período estável entre os episódios agirão da mesma forma que agiam antes de desenvolverem o transtorno bipolar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível