Sintomas de estenose colônica após castração canina

Escrito por misty barton | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas de estenose colônica após castração canina
A estenose colônica é uma condição potencialmente séria em cães (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)

Cães fêmeas que tenham sido castradas correm um risco maior de adquirirem uma condição clinicamente conhecida como estenose colônica. Ela ocorre quando o diâmetro do cólon é limitado por um tecido cicatricial fibroso que envolve o cólon descendente, reduzindo sua função normal. O tratamento mais comum para esta condição é fazer uma cirurgia para remover estes tecidos que envolvem o cólon. Há muitos sintomas para este problema potencialmente sério, que não devem ser ignorados. Se seu cão demonstrar quaisquer um deles por um período prolongado, procure um veterinário.

Obstrução parcial

Se o intestino do cão estiver apenas parcialmente obstruído pelos tecidos cicatriciais, os sintomas podem ser menos severos e mais fáceis de ignorar, porque o cólon é, até este ponto, capaz de funcionar. Os sintomas incluiriam vômitos e diarreia, que acontecem vez ou outra ao longo de uma ou muitas semanas. Esses sintomas desaparecem por um ou mais dias, e depois voltam sem nenhuma explicação aparente.

Obstrução completa

Conforme a estenose colônica fica mais severa, é possível que o diâmetro do cólon seja reduzido ao ponto de que nada possa passar por ele. Isso resulta no que é conhecido como obstrução completa. Quando isso ocorre, os cães sofrem dores abdominais agudas, por vezes repentinas, e o abdome começa a inchar significantemente. Um cão que começa a morder a lateral do corpo e choramingar repentinamente pode estar sofrendo desta condição. Animais que tenham o cólon completamente obstruído também vão vomitar qualquer coisa que comam. Se o vômito começar a se assemelhar a diarreia tanto na cor quanto no cheiro, sair em jatos, ou for verde e com muco, marque uma consulta com o veterinário. Se o vômito estiver preto e pegajoso, provavelmente será sangue, e você deve entrar em contato com o veterinário imediatamente. O sinal mais proeminente de uma obstrução total é a inabilidade do seu cão em defecar. Ela vai ficar constipada e incapaz de expelir qualquer coisa, sejam fezes normais, diarreia ou gases.

Estrangulamento intestinal

Se o tecido fibroso pode fazer com que a estenose colônica fique apertada o suficiente para restringir o fluxo de sangue para o cólon, uma condição conhecida como peritonite, ou estrangulamento intestinal, pode ocorrer. Se a obstrução continuar até este ponto, a condição geral do cão vai deteriorar rapidamente. As paredes do intestino, num período relativamente curto de tempo, desenvolverão gangrena e a parte prejudicada do órgão pode precisar ser completamente removida.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível