Sintomas da glândula adrenal

Escrito por joan russell | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas da glândula adrenal
As glândulas adrenais produzem uma série de hormônios que ajudam o corpo a funcionar de forma eficiente (Jochen Sands/Digital Vision/Getty Images)

As glândulas adrenais produzem uma série de hormônios que ajudam o corpo a funcionar de forma eficiente. Se as glândulas não funcionam corretamente, certos sintomas ocorrerão, os quais apontarão para uma desordem no corpo. A leitura é a maneira de se informar sobre doenças da glândula adrenal, sintomas e tratamentos.

Outras pessoas estão lendo

Importância

As glândulas supra-renais produzem vários hormônios no organismo, e situam-se perto da parte superior de cada rim. Existem delas, um para cada rim, sendo que cada uma delas possui apenas 7,5 cm de largura. Alguns dos hormônios produzidos por essas glândulas são considerados esteroides. A aldosterona é um hormônio que preserva o íon de sódio e água no corpo humano. Outro é o cortisol, que aumenta os níveis de glucose no sangue. Um terceiro grupo são os hormônios sexuais andrógenos para os homens e de estrogênio para as mulheres. Esses são produzidos pelo córtex adrenal. A medula adrenal produz dois hormônios como reação a situações estressantes que ocorrem na vida cotidiana.

Fadiga adrenal

A fadiga e a exaustão adrenal produzem uma série de sintomas, o que significa que as glândulas não estão funcionando corretamente devido aos períodos de doença ou stress que acometem o corpo. Alguns sintomas são fadiga excessiva ou exaustão, ansiedade, desejos por alimentos salgados ou doces, dificuldade de concentração, diminuição da pressão arterial e sensibilidade a resfriados. Os hormônios que controlam o açúcar no sangue ajudam a manter a energia do corpo e combatem o estresse. Na fadiga adrenal, o cortisol, o "hormônio do estresse", não é produzido em quantidade suficiente pelas glândulas supra-renais. Há vários testes que podem ser administrados por profissionais médicos para medir o nível desse hormônio.

Tipos

Existem várias doenças que são causadas pelo mal funcionamento das glândulas supra-renais. Uma é a doença de Addison, causada pela produção insuficiente de cortisol. As pessoas com essa doença muitas vezes sentem fraqueza ou cansaço ao sentar-se ou deitar-se por longos períodos de tempo. Às vezes, eles desenvolvem manchas escuras em sua pele e pintas pretas podem aparecer no rosto e nos ombros. Alguns desenvolvem dores musculares, perdem peso, sofrem de náuseas, diarreia e vômitos. O tratamento médico é realizado com corticosteroides e fluidos intravenosos. O hipertiroidismo acontece quando as glândulas adrenais produzem muito adlosterone, o que leva à retenção de líquidos, pressão alta, fraqueza e formigamento nos braços e pernas. Por vezes, é causada por um tumor nas glândulas supra-renais. Os sintomas também incluem sede e diurese constante e frequente. O tratamento geralmente envolve a remoção cirúrgica de um tumor ou medicação prescrita.

Características

As glândulas supra-renais estão localizados no tecido conjuntivo perto dos rins, e ficam enterradas na gordura. Elas possuem uma região interna chamada de medula adrenal, e uma região externa chamada de córtex adrenal que secreta diferentes hormônios. Os hormônios epinefrina e norepinefrina ajudam a aumentar a taxa e a força de contração do coração, constrição dos vasos sanguíneos e dilatação das pupilas dos olhos -- funções importantes em situações estressantes -- e que auxiliam o fluxo sanguíneo para os músculos e o cérebro. Os hormônios secretados pelas glândulas supra-renais restringem a perda de sódio no sangue e, muitas vezes afetam as glândulas salivares e sudoríparas, bem como o intestino. Esses hormônios têm influência sobre o sistema imunitário e sobre o desenvolvimento do feto durante a gravidez (especialmente o desenvolvimento dos pulmões). As glândulas adrenais trabalham com o hipotálamo e a glândula pituitária para manter as coisas funcionando sem problemas.

Tratamentos

Há diversos tratamentos tradicionais para os sintomas da glândula adrenal, tais como medicamentos orais prescritos, cirurgias ou tratamentos de radiação. Algumas doenças exigem uma combinação de mais de um tratamento. Alguns médicos oferecem tratamentos alternativos para doenças da glândula adrenal, como a fadiga e a exaustão. Eles incluem uma dieta saudável e suplementos de vitamina B, evitando estimulantes como a cafeína, e usando ervas como camomila e chá de limão bálsamo. Sempre consulte um médico com experiência em glândulas supra-renais, antes de prosseguir com qualquer tratamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível