Sintomas da meningite

Escrito por rachel howard-collins | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas da meningite
A meningite é uma doença que afeta os tecidos que cercam o cérebro e o medula espinhal (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

A meningite é uma doença nas membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal que causa potencial perigo à vida. É também chamada de meningite espinhal. A característica dos sintomas dessa doença são febre repentina, dor de cabeça e enrijecimento do pescoço. O enrijecimento do pescoço não é geralmente apenas desconfortável, ele fica extremamente rígido, ao ponto onde a pessoa pode não conseguir tocar o queixo no peito. Devido a meningite poder ser fatal, qualquer um com esses sintomas deve procurar um médico imediatamente.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

As membranas que cobrem o cordão espinhal e o cérebro são chamadas de meninges. A meningite é uma inflamação das meninges e o fluido do cérebro e medula espinhal, de acordo com o site MayoClinic.com, que é dirigido pela Mayo Foundation for Medical Education and Research. Essa inflamação pode ser causada por bactéria, vírus e fungos. Enquanto a meningite viral pode melhorar sem tratamento, a meningite bacterial pode ser fatal em questão de dias. É impossível determinar o que está causando a doença sem uma intervenção médica. Ela pode afetar grupos de todas as idades, mas as crianças pequenas têm mais riscos de uma séria infecção. Ela pode ser muito contagiosa. Se um colega de trabalho ou de quarto ou um membro da família tiver meningite, aqueles que estiverem próximos podem também precisar de tratamento para evitar a doença.

Sintomas

Os sintomas da meningite incluem enrijecimento do pescoço, náusea, febre alta e sensibilidade à luz, de acordo com informações do Centers for Disease Control and Prevention (CDC, na sigla em inglês). Uma pessoa com meningite pode também ficar confusa ou ter dificuldade para acordar. Os sintomas tradicionais de enrijecimento do pescoço, febre ou náusea podem não estar presentes em crianças. Uma criança pequena com meningite pode ficar lenta, inativa, sem vontade de comer, ter vômitos e ficar irritável.

Diagnóstico e tratamento

Se o médico suspeitar de meningite, ele testará uma amostra do sangue do paciente, de acordo com a informação do CDC. Ele também testará uma amostra do fluido cérebro-espinhal, que é o fluido da medula espinhal e do cérebro. O fluido é coletado através de uma agulha oca inserida na medula do paciente. Essas amostras de sangue e fluido serão testadas para determinar o que está causando a meningite. A meningite viral geralmente se cura sozinha de sete a 10 dias. No entanto, a meningite bacterial requer um tratamento vigoroso com antibióticos no hospital.

Fatores de risco

Enquanto pessoas de todas as idades podem contrair meningite, alguns estão em maior risco. Os pré adolescentes, adolescentes, recrutas militares e calouros de faculdade tem maior risco de contrair a meningite bacterial do que a população em geral, de acordo com o CDC. Também em grande risco estão as pessoas que viajam para países onde a meningite é comum, como partes da África; microbiologistas que trabalham com bactérias; pessoas com baço danificado ou sem baço; pessoas com certos distúrbios no sistema imunológico; e pessoas que tenham sido expostas a um surto da doença. As crianças mais jovens do que um mês de vida e pessoas com sistema imunológico enfraquecido têm maior risco de sérias infecções com a meningite viral.

Vacinação

Existem vacinas disponíveis para a doença meningocócica, que é a meningite causada pela bactéria Neisseria meningitidis, de acordo com CDC. Uma das vacinas, chamada de MCV4, está disponível para pessoas de dois a 55 anos, especialmente aqueles nas categorias de risco. É geralmente dada durante a visita de imunização na pré adolescência, aos 11 ou 12 anos. A outra vacina, MPSV4, é a única aprovada para pessoas com mais de 55 anos. Ambas as vacinas previnem quatro tipos de doença meningocócica, incluindo dois dos três tipos mais comuns nos Estados Unidos e um tipo que causa epidemia na África. Existem também vacinas disponíveis contra doenças pneumocócicas, que podem também causar meningite causada pela bactéria Streptococcus pneumoniae. Existem dois tipos de vacina disponíveis: uma para crianças com até 5 anos (PCV7) e uma para pessoas acima de dois anos (PPSV23). A PPSV23 é especialmente recomendada para adultos acima de 65 anos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível