Sintomas de pólipos retais

Escrito por linda hinkle | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os pólipos retais são crescimentos anormais de tecido no revestimento do reto, uma parte do intestino grosso. Quando ficam no organismo por muito tempo — geralmente por vários anos — podem acabar se transformando em tumores cancerosos. Na maioria dos casos, eles não causam sintoma algum. Porém, quando existem os sintomas, você deve realizar exames o mais rápido possível.

Outras pessoas estão lendo

Considerações

Alguns pólipos retais são achatados, outros crescem verticalmente. Segundo o Instituto Nacional do Câncer dos EUA, os achatados são mais propensos a tornarem-se cancerosos. Eles também são mais difíceis de detectar nos exames e de remover.

Sangramento

De acordo com o site Merck.com, o sintoma mais comum dos pólipos retais é o sangramento do reto. O sangue pode ser vermelho-vivo e visível ou escuro e escondido nas fezes.

Cólicas e dores

Às vezes, os pólipos retais causam cólicas e dores abdominais ou fazem com que a pessoa se sinta cheia quase constantemente. Esses sintomas ocorrem principalmente se os pólipos forem grandes. Além disso, os pólipos grandes podem causar uma obstrução no intestino.

Mudanças no funcionamento do intestino

Uma mudança perceptível nos hábitos intestinais às vezes é um sintoma de pólipos retais. A diarreia ou constipação que dura por mais de uma semana pode ser um indício da presença de pólipos grandes.

Advertência

O câncer retal é evitável se os pólipos forem detectados precocemente. Como muitas vezes eles tornam-se cancerosos sem produzir qualquer sintoma, a Sociedade Americana do Câncer recomenda exames de rotina a todos os indivíduos. As instruções variam de acordo com a idade e outros fatores de risco.

Fatores de risco

Certos fatores de risco aumentam suas chances de desenvolver os pólipos retais. Como eles geralmente não apresentam qualquer sintoma, é importante conhecer os fatores de risco e começar os exames conforme for recomendado. Dois dos maiores fatores, segundo a Mayo Clinic, são a idade e o histórico familiar. Após os 40 anos, o risco de desenvolvimento de pólipos retais aumenta. Você também corre riscos maiores se possuir um parente próximo que teve pólipos ou câncer no cólon. Outros fatores de risco incluem estar acima do peso, levar uma vida sedentária e possuir histórico de doenças inflamatórias no intestino, além de fumar e consumir álcool.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível