Sintomas dos seis tipos de TDA

Escrito por annie wang | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas dos seis tipos de TDA
Existem seis tipos de TDA (Michael Blann/Photodisc/Getty Images)

TDA, ou Transtorno de Déficit de atenção, pode ser separado em seis tipos diferentes de categorias: Clássico, desatento, superfocado, temporal, límbico e "Anel de fogo". Esse artigo explorará os sintomas respectivos dessas seis categorias diferentes de TDA para ajudar a entender melhor como eles se distinguem.

Outras pessoas estão lendo

TDA Clássico

O TDA clássico é encontrado mais frequentemente entre os indivíduos do sexo masculino. Ele é caracterizado pela hiperatividade, falta de atenção e uma falta de habilidade em organizar sua carga de trabalho ou administrar o tempo. Ele é geralmente atribuído à falta de dopamina, e é tratado com estimulantes de dopamina como Ritalina, Concerta ou anfetaminas.

TDA desatento

Crianças com TDA desatento normalmente têm problemas ao se concentrarem. Ele não é caracterizado pela hiperatividade, mas pelo oposto. Crianças com essa disfunção são normalmente letárgicas e relutantes à prática de atividades físicas. O TDA desatento é atribuído à deficiência de dopamina e norepinefrina, e pode ser tratada com estimuladores de dopamina mais tirosina.

TDA Superfocado

Crianças com o TDA Super focado geralmente se tornam obcecadas com as atividades nas quais se envolve. Elas normalmente sofrem de ansiedade e têm dificuldades para passar de uma tarefa a outra. O TDA Super Focado é atribuído a um desequilíbrio entre os neurotransmissores serotonina, norepinefrina e dopamina e pode ser tratado com antidepressivos.

TDA temporal

Aqueles com o TDA temporal geralmente exibem comportamentos desafiantes e combativos. Eles também sofrem de dislexia e depressão. Ele é atribuído a uma atividade insuficiente no córtex pré-frontal, deficiência de dopamina e/ou uma disfunção do lobo temporal. Ele pode ser tratado com estimulantes de dopamina, e ativadores neurotransmissores inibitórios como Tegretol.

TDA límbico

O TDA límbico é caracterizado pela depressão crônica e uma perspectiva negativa. Aqueles com o TDA límbico lutam contra sua autoimagem. Ele é causado pela atividade reduzida do córtex pré-frontal lateral e orbital, assim como uma deficiência de dopamina e norepinefrina. O TDA límbico pode ser tratado com uma combinação de antidepressivos, dopaminas estabilizadoras de humor e estimulantes de norepinefrina.

TDA "Anel de fogo"

O TDA "Anel de fogo" apresenta um conjunto de todos os sintomas de TDA, e geralmente resulta em comportamentos antissociais e abuso de substâncias. Sua causa é atribuída a uma disfunção de múltiplas áreas do cérebro, assim como uma deficiência de dopamina e serotonina. O tratamento inclui estimulantes de dopamina e antipsicóticos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível