Linfócitos baixos em um cão

Escrito por jennifer gittins | Traduzido por luiz afonso de oliveira moura santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Linfócitos baixos em um cão
Níveis baixos de linfócitos podem indicar várias condições médicas (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Em cães, um nível baixo de linfócitos no sangue é conhecido como linfopenia, níveis que podem ser detectados pelo veterinário em um exame de sangue. Apesar de níveis baixos dessas células poderem indicar sérios problemas de saúde como câncer, eles também podem indicar problemas mais simples e mais fáceis de serem tratados, como estresse.

Outras pessoas estão lendo

Identificação: Linfócitos

Os linfócitos são as células brancas do sangue e fazer parte do sistema imunológico. Os linfócitos são as principais defesas do organismo contra infecções invasoras. Essas células brancas também podem ser úteis no desenvolvimento de anticorpos, que protegem o cão contra infecções futuras.

Causas

Níveis baixos de linfócitos podem indicar uma infecção viral na medula óssea ou sepse. Outros problemas de saúde relacionados à níveis baixos de linfócitos incluem linfagectasia intestinal, uma cona condição na qual os vasos linfáticos estão dilatados devido a uma inflamação. Causas adicionais podem ser coisas simples como estresse ou diarreia ou então coisas complexas, como linfoma.

Sintomas

Não existem sintomas diretamente relacionado com níveis baixos de linfócitos. Entretanto, como esses níveis baixos ocorrem juntamente com outras doenças, os sintomas dessas doenças podem ocorrer. Isso varia muito, desde letargia até diarreia, de comportamento anormal até perda de peso ou vômitos. Entre em contato com o veterinário do cão para consultar quaisquer sintomas persistentes.

Tratamentos

O tratamento para níveis baixos de linfócitos é focado na causa do problema em vez de ser nos linfócitos. Por exemplo, se o cão está sofrendo de linfagectasia intestinal, então o tratamento é focado em reduzir a inflamação com medicamentos como a prednisona. Mudanças na dieta também podem ser necessárias. Além disso, se níveis baixos dessas células ocorrerem no curso de um linfoma, então o tratamento é focado no linfoma. Isso pode incluir tratamentos como quimioterapia, medicações para dor e terapia de suporte.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível