Como saber se sua filha está entrando na puberdade?

Escrito por cheryl waters likins Google | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

As crianças crescem muito rapidamente. Claro que você quer fazer as coisas certas como um pai e tomar boas decisões, mas às vezes é difícil saber o que é melhor. Por exemplo, parece que foi ontem quando sua filha só estava interessada em barbies. Agora, seus interesses estão mudando, já que ela se torna mais focada em sua aparência. Ela está se aproximando da adolescência? Observe os sinais que revelam se a sua filha está na puberdade e tornando-se sexualmente madura, enquanto a ajuda a se ajustar.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Livro informativo sobre puberdade
  • Revista
  • Caneta na cor favorita da sua filha

Lista completaMinimizar

Instruções

    Meu corpo está mudando

  1. 1

    Organize algum tempo em particular com a sua filha, quando você não será perturbado, para que ela se sinta à vontade. Considere passar esse momento privado em torno de um almoço ou chá da tarde com bolinhos.

  2. 2

    Tranquilize a garota de que nada está errado. Como você pediu para conversarem, ela pode estar apreensiva. Diga que é um "assunto de meninas". Sua filha pode estar oprimida e com medo sobre a maneira como seu corpo está se desenvolvendo. Faça-lhe perguntas abertas sobre como ela está se sentindo, mas mantenha-se coloquial e leve. Explique que todas as meninas passam pela mesma transição e que ela ficará bem.

  3. 3

    A empatia percorre um longo caminho. Compartilhe com sua filha um tempo semelhante em sua vida, quando seu corpo começou a mudar. Explique as razões para o desenvolvimento das mamas, o início de seu período menstrual, o crescimento de pelos pubianos, e um aumento na altura e peso.

  4. 4

    O compartilhamento de um livro pode realmente ligar duas pessoas. Nesse caso, sua atenção, preocupações e ideias são um presente maravilhoso para a garota. Como exemplo, um livro informativo sobre puberdade pode ajudá-la a encaminhar sua filha por um caminho saudável para a idade adulta. Escolher uma publicação de leitura fácil vale a pena. Muitas mães e filhas lembram carinhosamente do compartilhamento de um momento especial na vida de uma jovem e usam livros desse tipo como biblioterapia.

  5. 5

    Depois que você terminar de ler o livro, apresente-o à sua filha. Peça-lhe para lê-lo também. Defina um dia e hora para discutir essa leitura em particular. Peça a sua filha para descrever seus gostos e desgostos sobre o livro. Será que ela gosta das ilustrações? Elas foram úteis? Como ela se sente sobre o que está acontecendo com seu corpo? Sua calcinha é desconfortável? O sutiã incomoda quando ela está correndo em uma aula de ginástica? Um livro leva a todos os tipos de discussões práticas.

  6. 6

    Depois que vocês duas já tiverem lido o livro e conversado sobre isso, lembre-se que a conversa não precisa terminar aí. O diálogo permanente é importante. Sua filha, sem dúvida, terá incertezas e preocupações sobre a sexualidade conforme continua a crescer. Como você abriu a porta para ter essas conversas, a garota pode ser mais propensa a conversar sobre o controle de natalidade, valores, doenças sexualmente transmissíveis, e como cuidar de si mesma.

  7. 7

    Discuta quaisquer preocupações sobre a puberdade de sua filha com o seu pediatra. Talvez você queira saber sobre todas as alterações com seus cuidados médicos, tais como a frequência de visitas ou quaisquer testes que podem ser apropriados. Quais são os principais problemas de segurança que uma mãe deve se preocupar durante a puberdade? Quais mudanças precisam ser feitas na dieta, se for o caso? Como o corpo da sua filha está mudando, ela pode precisar ajustar os seus hábitos de higiene. Peça ao seu pediatra para explicar quais mudanças de higiene são adequadas nesse momento. Cada prática médica tem seu próprio protocolo em relação à faixa etária que é tratada. Pergunte ao médico de sua filha em que idade você deve fazer transição e levá-la a um médico de adultos.

Dicas & Advertências

  • Certifique-se de reforçar a sua filha que a puberdade é um processo normal e que ela não está sozinha.
  • Os adolescentes muitas vezes compartilham seus medos com os amigos. Aconselhe a sua filha que ela deveria dividi-los com você ou outro adulto de confiança qualquer preocupação com a puberdade. Seus amigos nem sempre são a melhor fonte para responder a perguntas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível