O que é uma taxa líquida efetiva de juros?

Escrito por walter johnson | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é uma taxa líquida efetiva de juros?
Quando as taxas de juros são compostas mensalmente, o valor final pago por um empréstimo será maior (Comstock/Comstock/Getty Images)

As taxas líquidas efetivas de juros referem-se ao aumento no valor original de uma dívida, se os juros nela aplicados forem constituídos em um período de investimento específico. O princípio básico é que uma taxa anual - aquela estabelecida no momento da tomada do empréstimo, ou a taxa nominal - é determinada pelo fato de que os pagamentos feitos para o banco para amortização do empréstimo são constituídos por mais de uma parcela. Embora o efeito líquido seja pequeno, ao longo do tempo, ele pode aumentar substancialmente o montante que você paga para o banco.

Outras pessoas estão lendo

Matemática

O conceito das taxas líquidas efetivas de juros refere-se ao valor inicial do empréstimo ou do fundo de investimento em dinheiro. Isso é importante apenas se os juros forem compostos de maneiras diferentes das sugeridas pela taxa anual, ou seja, se eles forem calculados mais de uma vez. Se você tiver uma taxa anual de 7%, que é composta mensalmente, então, ao final de 12 meses, a taxa será maior do que a inicial. Matematicamente, tudo o que você está fazendo é calcular o quanto esse índice de 7% significará por mês no empréstimo. Para saber qual é a taxa efetiva, ou seja, a taxa real, multiplique o fator por 12, para os 12 meses.

Princípios

Este princípio indica que, se uma taxa anual de um investimento, como por exemplo um título, for composta mensalmente, isso significa que você recebe mensalmente. Isso também indica que, a cada mês, o montante inicial de dinheiro aumenta, uma vez que os juros são adicionados mensalmente a ele. Se o valor estiver crescendo a uma taxa anual estática, você ainda recebe mensalmente, isso significa que o montante no qual os juros mensais "operam" é maior e, portanto, a taxa anual final vai ser diferente do que a anual indica. Em outras palavras, se ela é composta mensalmente, o tamanho do montante é crescente. Assim, o pagamento vai aumentar a cada mês. Ao final do ano, seu investimento inicial terá crescido a cada mês e, portanto, a taxa nominal terá aumentado efetivamente.

Importância

Quando faz um empréstimo, você acha que está pagando uma porcentagem anual decente. Mas, quando o gerente do banco diz que os juros são compostos mensalmente, muitos podem até não se preocupar com isso. Mas o que ele acabou de dizer é que a taxa líquida efetiva sofre um aumento. Se você tiver de pagar uma determinada taxa nominal a cada mês, o tamanho do empréstimo principal aumentará efetivamente.

Efeito

O professor William Tucker, que escreve para a "United nations" (Nações unidas), apresenta o seguinte exemplo matemático. O tamanho do empréstimo é de R$ 2.500. A taxa anual é de 52%. O empréstimo é composto por oito meses. Isso significa que a taxa real, a taxa líquida eficaz, aumentou para 67,77%, se cada período composto for incluído. De certa forma, este é o método que os bancos utilizam para obter maiores lucros, embora, de fato, seja uma forma de ocultar uma alta taxa de juros.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível