Técnicas de pintura pastel para tons de pele

Escrito por nora mcadams | Traduzido por mariana korman
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de pintura pastel para tons de pele
Tons de pele são um desafio até para pintores experientes (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

Pintar tons de pele é um desafio até mesmo para pintores mais experientes em qualquer meio. A técnica pastel apresenta seus próprios desafios. Artistas iniciantes devem passar algum tempo desenvolvendo um "olhar" para enxergar todas as cores refletidas pela pele. Ela reflete as cores ao redor, além dos tons de pele intrínsecos. Uma camisa azul refletida no rosto afeta o tom de pele. Sombras fortes podem precisar de violeta, azul-marinho ou verde-escuro e, onde há pele esticada cobrindo um osso, pode parecer muito claro, quase branco.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de pastel

Muitos fabricantes oferecem conjuntos de tinta pastel contendo cores que cobrem uma gama de tons de pele. É um investimento valioso para sua coleção, mas não se limite a essas cores.

Uma das dificuldade em trabalhar com tinta pastel é que você não as "mistura", como faria com tintas a óleo; você deve usar camadas para atingir a exata cor desejada. É aconselhável ter o máximo de cores que puder comprar, e você vai querer aumentar sua coleção ao longo do tempo. A tinta pastel também tem diversos graus de dureza. Comece com os pastéis mais duros e termine com os mais macios. Isso ajuda a manter a "firmeza" do papel, permitindo que você adicione muitas camadas.

Paleta de cores

Comece criando uma paleta de cores dos tons de pele que você observa. Use fita crepe para criar quadrados em um pedaço de papel especial para pastel. Coloque uma tira de fita crepe no centro do papel, de cima para baixo. Coloque outra tira de fita aproximadamente a cada 3 ou 5 cm de cada lado da linha central. Depois, faça o mesmo na horizontal. Escolha as versões quentes e frias dos tons de pele que você observa. Comece no quadrado de cima com o tons mais claros, siga para o próximo com tons médios e, por fim, use os tons escuros. Certifique-se de etiquetar todos os quadrados com as cores que você usou. Guarde sua paleta de cores, criando uma biblioteca para futuros trabalhos.

Pintando um retrato

Comece o seu retrato com uma tinta-base de tom cinza, pois ela preenche as principais formas. Por enquanto, não se prenda a detalhes. Sempre pinte tons claros sobre escuros ao usar a técnica pastel. Comece com uma cor neutra sobre a tinta-base e faça camadas leves com as cores da sua paleta. Misture com cuidado e não use camadas demais, para não perder a espontaneidade do pastel. Em seguida, adicione os detalhes.

Se ficar muito manchada, faça uma leve cobertura azul ou violeta sobre a pintura inteira, para unificar os tons. Use branco para os destaques com moderação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível