Terapia oral com peróxido de hidrogênio

Escrito por debbie donner | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Terapia oral com peróxido de hidrogênio
A terapia oral com peróxido de hidrogênio está ganhando popularidade junto a medicina alternativa (brown bottle image by Jim Mills from Fotolia.com)

A maioria das pessoas provavelmente já ouviu falar no uso de peróxido de hidrogênio para assepsia de cortes e arranhaduras, mas ele também é usado para tratar o câncer. O uso da terapia com peróxido de hidrogênio como tratamento alternativo para muitas enfermidades e doenças ainda é controverso, mas está ganhando popularidade na comunidade de medicina alternativa. Os que a apoiam consideram-na a panaceia para numerosas afecções. Os opositores desse modo alternativo de tratamento consideram que a ingestão de peróxido de hidrogênio representa um risco excepcional.

Outras pessoas estão lendo

Teorias e especulação

A teoria baseada na terapia com peróxido de hidrogênio afirma que esse tratamento natural pode ser introduzido com segurança no corpo por via oral ou intravenosa, em concentrações variáveis, para o tratamento de numerosas condições. O argumento dos que a apoiam é que este produto já é produzido no organismo em nível celular, portanto não estão sendo introduzidos corpos estranhos. Seus opositores alegam que a ingestão pode causar dano tecidual e orgânico.

Significância

A terapia com peróxido de hidrogênio oral envolve a ingestão de uma solução diluída dessa substância. Segundo o Dr. David G. Williams, editor do boletim americano "Alternatives", evidências crescentes mostram que esse remédio alternativo faz maravilhas em uma série de problemas de saúde. Ele age aumentando os níveis de oxigênio dentro dos tecidos corporais e estimulando os sistemas enzimáticos que ajudam a controlar todos os outros sistemas corporais, do respiratório ao digestivo.

Advertência

Segundo o Dr. Williams, um conteúdo alimentar com graduação 35 % de peróxido é a única recomendada para uso interno. Além disso, deve-se tomar extremo cuidado ao manusear essa substância em concentrações superiores a 12 %. Uma solução a 35 % é altamente corrosiva e deve ser armazenada com segurança em congelador, com uma etiqueta evidente e longe de alcance das crianças. Nesse nível de concentração pode ser extremamente perigoso ou até fatal. Consulte um médico experiente em terapia com peróxido de hidrogênio em vez de tentar o autotratamento. Médicos experientes no uso desse tipo de terapia conhecem as proporções adequadas de diluição a serem usadas.

O peróxido de hidrogênio que se adquire em farmácias e drogarias não possui graduação alimentar e contém, tipicamente, outras substâncias químicas chamadas estabilizadores que não são seguras para ingestão.

Terapia oral com peróxido de hidrogênio
Uma concentração de 35 % de peróxido de hidrogênio pode ser extremamente perigosa (sign. warning sign image by L. Shat from Fotolia.com)

Potencial

Afecções para as quais a medicina convencional oferece pouca ajuda mostraram boa resposta à terapia com peróxido de oxigênio. Embora a maioria pareça responder bem à ingestão oral, o enfisema aparentemente responde melhor à terapia intravenosa com peróxido de oxigênio.

A terapia pode ser útil em uma série de afecções, desde alergias e cefaleias até doenças potencialmente fatais, como câncer e doença cardiovascular. Até as alergias alimentares, infecções fúngicas e diabetes tipo II mostraram uma resposta ao aumento da oxigenação sanguínea com a terapia com peróxido de oxigênio oral, assim como a esclerose múltipla.

Considerações

Existem atualmente vários produtos com peróxido de oxigênio comercializados para uso em terapia oral. Uma série de produtos simplesmente possui a mistura dessa substância com aloe vera, sais marinhos, casca interna de árvores ou outros ingredientes e sabores que os tornam mais palatáveis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível